Por que não funcionam os motores magnéticos e os moto-contínuos?


Andam por aí uns emails em spam de uns vídeos da tanga que referem motores magnéticos que teoricamente porão fim às energias fósseis, uma espécie de Santo Graal da energia e do futuro da mobilidade! Fiquem sabendo que quase de certeza foram as grandes empresas petrolíferas a disseminar esse vídeo, para descredibilizar nas pessoas, qualquer tentativa válida, de colocar fim às hegemonias destrutivas para o planeta, das grandes empresas do petróleo! O seu objetivo é prostrar a população e as pessoas após a verdade científica, fazendo-os crer que todas as alternativas que existem para o paradigma atual no planeta baseado nos combustíveis fósseis, não passam de burlas orquestradas por charlatães de Internet! Ou seja, as grandes empresas petrolíferas querem passar a mensagem de que não há alternativa válida ao paradigma do petróleo! Ou é o motor a combustão, ou são charlatães, não há terceira via!

Este motor é uma FRAUDE



Oiçam bem, os motores magnéticos milagreiros são uma tanga, um embuste! E qual é a alternativa aos combustíveis fósseis? Simples meus caros: mudar o paradigma do ordenamento urbano, apostar fortemente nos transportes públicos, apostar em cidades cicláveis, apostar na ferrovia ou no carro totalmente elétrico, pois são tudo formas muito mais eficientes e limpas para transporte de pessoas e bens. No caso do transporte de passageiros, interessa ter um consumo energético por passageiro-km o mais baixo possível, no caso da logística interessa ter um consumo energético por kg-km o mais baixo possível. É impossível ter-se energia "vinda do nada", não há energia "grátis", mas podemos ser mais eficientes, ou seja, gastar menos energia e energia limpa, para transportar uma pessoa ao longo de um km! E o comboio/trem é 20 vezes mais eficiente que o automóvel, para transporte de passageiros, sendo ainda que a energia consumida pelo comboio/trem é muito mais limpa que a do carro! Não há energia de borla, mas podemos tornarmo-nos mais eficientes e mais amigos do ambiente!

E por que não funcionam os motores magnéticos e moto-contínuos?

A força magnética é uma força conservativa. Isto significa que se pegar num íman e deslocá-lo entre dois pontos num campo magnético, a soma total de energia produzida ou despendida no processo é uma constante que não depende do caminho ou da velocidade que adotar para deslocar o íman entre aqueles dois pontos. Acrescente-se que se os pontos de partida e de chegada forem os mesmos, a variação da energia total envolvida no deslocamento através de qualquer caminho adotado, é exatamente igual a zero.

O mesmo é verdade se tentar mover uma massa entre dois pontos em um campo gravítico, porque a força da gravidade é também uma força conservativa. Pense, no caso ideal, numa máquina que eleva uma pedra do chão até uma altura de um metro. A máquina, nesse processo, gasta energia, pois através do seu motor, consumiu energia para elevar a pedra até um metro de altura. Mas imagine que a dita máquina também tem um gerador elétrico. Assim sendo, depois, poderia eventualmente recuperar essa energia, com o peso que a pedra efetua na máquina através da força gravítica. A energia consumida para subir a pedra, seria exatamente igual à energia produzida na descida da pedra (caso ideal, sem perdas).

Noutro exemplo, imagine que quer deslocar-se na sua bicicleta entre dois pontos diferentes em altitude, por exemplo, entre a base e o topo de uma certa montanha. Se ignorar a resistência do ar, a resistência dos rolamentos da bicicleta e outras formas de atrito, então é irrelevante o caminho que adotar entre os dois pontos ou o quão rápido se consegue deslocar. Se o ponto de chegada é mais elevado do que o ponto de partida, será necessário que adicione uma certa quantidade de energia, ou seja, terá de efetuar trabalho (força vezes deslocamento); se o ponto de chegada é mais baixo que o ponto de partida, você e a sua bicicleta receberão energia que será transformada essencialmente em energia cinética, tendo em conta a velocidade atingida. No campo gravítico ideal (sem atritos) se se deslocar para cima na sua bicicleta e voltar exatamente ao mesmo ponto para baixo por um qualquer caminho, a energia total será exatamente igual a zero, pois o trabalho que teve de efetuar para subir, foi compensado na descida, ou seja deu trabalho, mas depois recebeu-o, e no cômputo geral o resultado é nulo.

Os carros, motas ou outros quaisquer veículos precisarão sempre de energia para se deslocarem, porque a gravidade não é a única força em jogo, nem muito menos a mais dominante. Os atritos aerodinâmicos ou os atritos dos rolamentos por norma superam bastante num veículo os efeitos da força da gravidade. E todas estas formas de fricção ou de atrito, que estão presentes nos veículos, não são forças conservativas, pois na generalidade a energia de fricção é perdida em calor. Com o atrito, o sistema fica sempre a perder!

Um local onde o atrito é praticamente inexistente é no espaço remoto, fora do planeta terra. É por isso que a lua e os satélites artificiais oscilam “sem dificuldade” à volta do planeta terra, pois a força principal em causa é a força gravítica. Por exemplo, a lua à volta da terra demonstra de forma simples o princípio conservativo da gravidade, pois a sua trajetória é elíptica. À medida que a lua se aproxima do planeta terra, ou seja que a distância ou o raio de curvatura diminui, a velocidade da lua aumenta, mas a velocidade volta a diminuir quando a lua se começa a afastar novamente da terra. Este processo mantém-se.

Qualquer eventual máquina de movimento perpétuo, ou moto-contínuo, que faça uso de ímanes ou da gravidade incorre no mesmo erro teórico pois quer a gravidade, quer o magnetismo são ambas forças conservativas. Mesmo que no caso ideal, se eliminassem todos os atritos, a soma total de energia consumida e produzida seria exatamente igual a zero. É como um pêndulo, sem atritos no caso ideal, oscila eternamente, mas não gera energia por si, pois se colocarmos um pequeno peso no pêndulo para que este o eleve, na prática o pêndulo perderá “força”. É muito comum os inventores de moto-contínuos ficarem extremamente emocionados quando as suas máquinas produzem muita energia ao longo de um certo ciclo, mas as suas máquinas precisam sempre de consumir pelo menos essa mesma quantidade de energia, para avançar a máquina para o próximo ciclo. E isto é sempre verdade, não importa quantos ímanes ou pesos se quiserem usar, lembre-se apenas, que não há energia produzida do nada!

Uma força conservativa permanecerá sempre constante sob um dado conjunto de circunstâncias. Se colocar dois ímanes de uma determinada força a uma determinada distância entre si, a força entre os dois ímanes permanecerá constante para sempre. Se colocar duas massas a uma determinada distância entre si, a força entre as duas massas irá também permanecer constante para sempre. Neste sentido, a energia total num sistema conservativo não pode variar. Se a energia variasse num sistema conservativo podíamos “desligar” a gravidade após a descida de um pêndulo para que este começasse a acelerar eternamente, mas não há produção de energia vinda “do nada”. Num sistema conservativo, nada se perde, nada se ganha, tudo se transforma. Quando um pêndulo oscila, no caminho para cima, a energia cinética transforma-se em energia potencial gravítica, na descida, a energia potencial transforma-se em energia cinética. Assim, uma máquina isolada nunca conseguirá produzir energia a partir do nada, tal é impossível.

Num motor magnético, podemos ter ímanes que se ligam ou desligam, denominados eletroímanes, mas qualquer trabalho aplicado ao rotor do motor vem sempre da energia elétrica aplicada aos eletroímanes, e é exatamente assim que funcionam os motores elétricos. Poderíamos num caso ideal sem atritos, ligando e desligando os eletroímanes, colocar um motor magnético a rodar eternamente sem gastar qualquer energia, tal como colocamos o pêndulo a oscilar eternamente sem lhe adicionarmos energia, mas ao mínimo esforço pedido ao motor do veículo, para acelerar o veículo por exemplo, seria pedida energia ao motor, e como “não há energia de borla” o veículo pararia! É como o pêndulo que oscila eternamente no caso ideal: se lhe colocássemos um pequeno peso no movimento ascendente, para que o pêndulo elevasse o referido peso, o pêndulo perderia “força”, ou seja diminuía o ângulo do seu período.

Força é diferente de Energia

Pensem sempre que Força é diferente de Energia. Um motor só pode gerar energia quando existe uma força e ao mesmo tempo movimento. O facto de haver uma força quase eterna e "forte" a puxar dois imãs nada garante. A Terra também exerce uma força sobre o seu corpo, que é "forte" e eterna, para que o seu corpo não se "desprenda" da Terra, mas o seu corpo, não é por isso, devido a essa força, que gera energia. O seu corpo só geraria energia, se do cume de uma montanha, você descesse com a sua bicicleta até à praia. Neste caso, a Terra puxá-lo-ia através da força gravítica, e ao se movimentar, estava a gerar energia (Energia cinética que depende da velocidade). Essa energia incrementaria com o tempo à medida que descia da montanha e seria E=(m*v^2)/2, que era o Trabalho (Energia) executado pela força da gravidade.

Mas quando chegasse à praia na sua bicicleta, se quisesse voltar ao pico da montanha, a gravidade já não o ajudava, aí teria que ir buscar energia a algum lado: aos alimentos para lhe darem força para pedalar para cima. Assim, o facto de dois imãs se atraírem nada garante, pois se largarmos os imãs eles aproximam-se um do outro, mas depois terá de gastar energia de fora, para os afastar e voltar a colocá-los no mesmo sítio. E como a força magnética é uma força conservativa, a energia que ganharia com a junção dos imãs provocada pela sua força de atração, seria exatamente igual à energia que teria de gastar, para os voltar a afastar novamente.

Quando me provarem que a lei da conservação da energia está errada, eu passo a acreditar em motores 'auto-suficientes'.
Há apenas um facto a reter: “Não há energia vinda do nada”.

João Pimentel Ferreira
Eng. Eletrotécnico e examinador de patentes

495 comentários:

  1. Perfeita a sua publicação. Já imaginava isso vagamente, mas não tinha uma forma mais clara de explanar a idéia. Parabéns.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro João, vc está enganado! motor magnetico permanente existe! ja esta patenteado desde 2009, este vive desfilando pelo mundo em palestras, de uma olhada no video a seguir: https://www.youtube.com/watch?v=epLOEaoPMFU
      procure pelo nome "Muammer Yildiz" e verá o quanto ele tem intrigado cientistas, professores e alunos. e este não é único!

      Eliminar
    2. Você se equivocou completamente. Já ouviu falar dos geradores compressores? Agora imagine uma compressão permanente, uma impulsão permanente. Afinal um imã não mantém um vetor resultante permanente? Se você puder mudar a posição do imã para ele impulsionar um corpo na direção do movimento você terá movimento continuo. Se você mantiver o imã fixo e deslocar o corpo, terá o mesmo movimento. Não é energia do nada é energia por repulsão, um princípio muito básico.

      Eliminar
    3. Parabéns Luis H D, estou nesse caminho projetando um gerador de energia semelhante a este de que vc descreveu, só falta dinheiro para por em pratica e fazer vazer testes, o seu conceito também é o meu, sou ELETROTÉCNICO, e espero um dia realizar este desejo, devemos lembrar de uma coisa, todos que surgem com algo revolucionário, que vai secar a mina de OURO do empresários desaparecem sem deixar rastro, porque? Tenhamos um pouco de cuidado.

      Eliminar
    4. Se quer acreditar que 1+1=5, que mais posso fazer? Continue...
      Perceba que não se tratam de limites técnicos, mas sim teóricos

      Eliminar
    5. real facts (magnet motor):
      http://peswiki.com/index.php/Article:_35%2B_Reasons_Why_I_Think_Yildiz%27_Magnet_Motor_Really_Works

      http://peswiki.com/index.php/Directory:E-MAG_Magnetic_Propulsion_Engine_by_Platinum_Invests_Group_Corporation_S.A
      _____________________________
      I am also a researcher (internet published of my work)
      http://peswiki.com/index.php/Image:Linopedro_magnet_motor_design_95x95.jpg
      http://peswiki.com/index.php/Image:Magnet_vortex_Pedro_Silva_95x95.jpg

      Eliminar
    6. Fiz em casa esperiência e funcionou em parte,porque quando giramos sobre compressão dos imas,ocorre uma força de atração reversa que faz parar o movimento,para que dê certo tirei a conclusão de que tem que cobrir/neutralizar o polo que atrai o ima em movimento. Só assim a compressão irá funcionar de ima para ima criando movimento perpétuo,pois a sua força aplicada é que vai fazer o seu funcionamento.

      Eliminar
    7. Fiz a esperiência e cheguei a conclusão de que é preciso neutralizar um dos pólos do ima,pois ele cria uma força contrária ao seu movimento. É necessário descobrir uma substância ou material qualquer que neutralize o pólo de atração. Aceito idéias.

      Eliminar
    8. Leiam isso e entendam a verdade!!
      http://automoveiseletricos.blogspot.com.br/2013/06/os-imas-permanentes-e-os-motores.html

      Eliminar
    9. Vejam bem amigos. Para os céticos ou que ainda se agaram a velhas teorias e fórmulas, entendam que o mundo quebra paradigmas constantemente e que o que parecia impossível só o é por causa de um ponto de vista, quando muda-se o ponto de vista mudam-se as perspectivas de realidade. O motor de Parendev é uma realidade e já tem empresa fabricando motores geradores magnéticos como célula de energia. vejam o link a seguir: http://www.ilustradordenatal.somee.com/milagre_motor_magnetico/planos-motor-magnetico.pdf.

      Gostaria de dizer ao escritor do artigo que já existe algo ainda mais avançado que os motores magnéticos, se querem conhecer busquem no Google por Fundação KESHE e se surpreendam com o que está vindo aí. Aos inconformados com a realidade atual e que pesquisam na contramão das teorias, eu digo. Parabéns, continuem, não parem. Vejam o exemplo do Sr. Mehan Keshe. Pasmem.

      Eliminar
    10. Caro "O QUE PENSO"
      Veja a página 21 do documento que está na sua hiper-ligação. É o relatório de pesquisa internacional do pedido de patente. Veja o primeiro documento, é um X e faz referência a "PERPETUAL MOTION MACHINES", significando que esse pedido de patente não tem qualquer potencial, ou seja, a invenção não tem valor

      Eliminar
    11. è muito interessante essa discussão, eu já fiz varias experincias com iãs de HDs, não consegui ainda fazer girar de modo continuo, mas acredito se conseguir esse giro digamos de modo imiginário, com uma força de potência 5, se multiplicar essa força por 10 que seria o potencial magnético de cado cilindro imantado, poderiamos fazer girar por exemplo um alternador automotivo, da´ja seria possivel, gerar energia consumivel, ou este gerador alimentaria baterias de potencia, que através de inversores seria capaz de gerar fontes alternativas de energia, em fim quanto mais multiplicar o potencial magnéticos dos cilndros, que tal, poderiamos termos uma turbina semelhantes as das hidelétricas. Imaginem, um motor com cilindros magnético com as proporções de um tanque de combustivel ? Abraços Mota

      Eliminar
    12. concordo com o amigo, se criar uma boa bobina para um motor magnético secundário, com uma corrente suficiente, posso alimentar o motor primário com a energia do secundário e ainda vai sobra para alimentar outros eletrodoméstico, evidentemente que vou ter que da um impulso no motor para poder funcionar, e depois ele entra em um ciclo; o secundário alimenta o primário, gera corrente suficiente para alimentar o seu gerador e ainda sobra corrente para ser aproveitada com qualquer coisa. não tem bicho de 7 cabeça é muito simples, claro que vou ter que trabalhar com bons rolamentos nos eixos para que o peso de deslocamento e perda seja pequena, é possível sim gerar energia de “graça”(o investimento é muito alto), o que vc gasta para construir o projeto com boas bobinas, bom rolamentos, material de ótima qualidade, é melhor pagar a concessionaria de energia mesmo, só para quem gosta, eu fiz com motorzinho de carro de corrida, o ciclo funcionou perfeitamente, não é diferente com motores maiores, é so fazer, desenvolver o bom motor magnético.

      Eliminar
    13. Caro amigo linoavac
      Agradeço que não repita constantemente o conteúdo da suas mensagem. Se o fizer novamente terei de eliminá-las devido a SPAM.
      Obrigados

      Eliminar
  2. Motores magnéticos existem e há vários anos, para além de outros tipos de tecnologia. Energia existe em todo lado, agora como aproveitar e saber usá-la, é outra história. Temos de começar a sair da bolha. Senão o resultado é o mesmo, sistema.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Roberto.
      Confesso que não entendi o seu comentário. Veja se percebe uma coisa: não há energia vinda do 'nada' ou do 'vazio'.

      Lembre-se que nada se ganha, nada se perde, tudo se transforma. Um motor elétrico limita-se a converter energia elétrica (potência elétrica vezes tempo, sendo que a potência é voltagem vezes corrente) em energia cinética. COmo examinador de patenes, vi isso vários anos, várias vezes, e há que esclarecer os inventores para a Verdade

      Eliminar
    2. ah energia em o que você chama "nada" só que não sabe utiliza-la. Só a que conseguir canaliza-la para onde precisamos. O universo esta em movimento e em movimento a energia, se conseguisse mos aceder a essa energia. Nikola tesla. ( desculpe pela escrita pouco cientifica ) mas era só para passar uma ideia.

      Eliminar
  3. “Não há energia vinda do nada”.De onde vem a energia do sol então?, ela é finita?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fusão nuclear meu caro

      e um dia, também acabará, tal como a energia de uma bateria

      Eliminar
    2. Valdir.
      Você não tem condição alguma de debater ciências.
      Achar que o Sol é infinito demonstra sua ignorância cientifica.
      Recolha-se para se instruir, um dia, talvez, eu possa lhe falar sobre hidrogênio, quinta grandeza, mecânica quantica e afins...
      Ass Franco.

      Eliminar
    3. KKKK boa eu mandar essa mas vc mandou antes.... sol infinito...... muita ignorância

      Eliminar
    4. Gente, foco ! ninguém aqui quer descobrir algo que funcione eternamente (se é que é possível), simplismente que funcione. o tempo que que vai durar vai depender do aperfeiçoamento, discutir se a energia do Sol é ou não finita não ajuda. o desafio está ai, não devemos DESPERDIÇAR ENERGIA tentando convencer pessoas como "João Pimentel Ferreira" ele já tem sua opnião é a parte teórica, nós sabemos que funciona temos a parte prática, o aperfeiçoamento é necessário para mostrar o contrário do que ainda se pensa, discutir sobre pessoas e seus conhecimentos nos faz perder tempo e energia, discutir sobre idéias nos traz mais conhecimento e nos fortalece.
      Um abraço a todos e bons projetos.

      Eliminar
  4. Olá João. Quer dizer que a energia cinética provocada pela atração mútua dos imãs não é capaz de "passar adiante"? Não poderia servir para 'abastecer' nenhum tipo de sistema enquanto fonte primária de energia? Um exemplo de motor magnético simples seria desse vídeo (depois dos dois minutos eles o mostram): http://www.youtube.com/watch?v=oJv58SXx2V8

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A energia mútua dos imãs não é cinética, mas sim magnética! Pode sim, converter-se energia magnética em cinética, quando os imãs se aproximam, mas depois VAI SEMPRE NECESSITAR de dar energia ao sistema, para voltar a afastar os imãs, para avançar para o próximo ciclo. Não vou ver vídeos, pois a maioria desses vídeos são tangas!
      Cumprimentos

      Eliminar
    2. Pois é, é justamente esse afastamento que o experimento no vídeo consegue resolver de forma simples e clara (utilizando a própria rotação da roda, originalmente movida pela atração do imã). Então quer dizer que, uma vez que se consiga resolver esse problema, teremos conseguido o motor magnético auto-suficiente?

      Eliminar
    3. Mas supondo que se resolvesse esse problema de alternar a atração e o afastamento dos imãs no próprio movimento gerado por eles, então teríamos, teoricamente, um motor auto-suficiente?

      Eliminar
    4. nesse caso teria que colocar energia e seria um motor eletrico.

      Eliminar
  5. Soh vou falar uma coisa, quando Einstein falou da relatividade, o mundo parou, ninguém aceitava as teorias do mesmo, porque a contrariava as idéias de Issac Newton. Poís bem, magnetismo não é energia vindo do nada, apenas não temos conhecimento o bastante para entender este evento, é como a teoria do buraco de minhoca e não viajar no tempo. Não digo que nada vem do nada, apenas que somos leigos pra questionar o certo e o errado. O nosso motor mais eficiênte dissipa calor e som aproveita apenas 30% do seu potêncial, isso é retrogrado, vamos pegar teorias prontas e achar que é a verdade absoluta, diga sim ao algo mais, assim como esse site foi feito pra questionar. obrigado

    ResponderEliminar
  6. Não há motores auto suficientes, mas no egito e os incas usavam o magnetismo para transportar pedras de 1 tonelada, ciência perdida. O magnetismo tem que levado à sério.Explique como gira os planetas e pronto, tá aí a um tempão né. Existe sim um motor magnetico que usa apenas sua força, mas que vem de algum lugar.

    ResponderEliminar
  7. Caro Robson, vc faz confusão com muitos termos, anda muita confusão em sua cabeça!

    Os planetas giram devido à conservação da energia, porque a gravidade é uma força conservativa, tal como um pêndulo gira eternamente, no caso ideal sem atrito.

    O que vc quer demonstrar é que 1+1=4. E se vc acredita cegamente nisso, nada posso fazer!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, mas para isso era preciso que conseguisse provar que existe "geração espontânea" ou "energia vinda do nada"

      Eliminar
    2. João, estou presumindo que essa foi sua resposta à minha última pergunta. Nesse caso hipotético que apresentei, a atração-repulsão constante dos imãs colocaria a roda em movimento. E nesse próprio movimento estaria a solução para um afastamento dos imãs para se recomeçar a atração. Nesse caso a energia não estaria vindo sempre da própria atração-repulsão dos imãs? Pois é nisto que o movimento da roda foi tornado possível. Então nada teria a ver com "energia vinda do nada" ou "geração espontânea". Onde estaria o erro nisso?

      Eliminar
    3. Não estou fazendo confusão, apenas questiono o seguinte:
      Existe muita coisa que não sabemos, é apenas isto, se fui claro, a toda hora estamos que voltar atras em nossas, paradigmas desconsertantes, não acredito cegamente em nada, apenas não acredito em tudo o que me contam, apenas questiono se existe uma forma aprimorada e mais eficiênte. Desde já agradeço pela oportunidade

      Eliminar
    4. Não estou fazendo confusão, apenas questiono o seguinte:
      Existe muita coisa que não sabemos, é apenas isto, se fui claro, a toda hora estamos que voltar atras em nossas, paradigmas desconsertantes, não acredito cegamente em nada, apenas não acredito em tudo o que me contam, apenas questiono se existe uma forma aprimorada e mais eficiênte. Desde já agradeço pela oportunidade

      Eliminar
  8. Caro Fernando, vou citar o texto acima:

    "Um local onde o atrito é praticamente inexistente é no espaço remoto, fora do planeta terra. É por isso que a lua e os satélites artificiais oscilam “sem dificuldade” à volta do planeta terra, pois a força principal em causa é a força gravítica. Por exemplo, a lua à volta da terra demonstra de forma simples o princípio conservativo da gravidade, pois a sua trajetória é elíptica. À medida que a lua se aproxima do planeta terra, ou seja que a distância ou o raio de curvatura diminui, a velocidade da lua aumenta, mas a velocidade volta a diminuir quando a lua se começa a afastar novamente da terra. Este processo mantém-se."

    Como um pêndulo, pendula eternamente, pois a energia do sistema mantém-se constante. Não sei se é isso quando se refere a atração-repulsão. Pode ter "atração-repulsão" a funcionar eternamente, tal como um planeta orbita "eternamente" ou tal como um pêndulo pendula eternamente, mas se exigir alguma "demanda" ao motor, para acelerar o carro por exemplo, vai exigir "demanda" energética ao sistema, e aí o motor parará, tal como se usar um pêndulo para elevar um outro peso, o pêndulo perde "força".

    A Terra orbita "eternamente" porque apenas tem de transportar o que já cá está, e o que por cá sempre esteve. Imagine agora, que um outro planeta (parecido com a Terra) se "anexava" à Terra. Aí a órbita perderia força, e a Terra aproximar-se-ia do sol.

    Nada se perde, nada se ganha, tudo se transforma! A energia de um sistema isolado é sempre constante, independentemente das atrções-repulsões que vc queira fazer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Entao coloca um motor pra girar em uma camara a vácuo que ele vai girar pra sempre, sem atrito com o ar.

      Eliminar
    2. Caro Bruno. Sim, vai girar para "sempre" assim como a Lua gira em torno da Terra, ou como um pêndulo oscila para "sempre". Aplica-se o princípio da conservação da energia! Se todavia quiser "sacar" energia do sistema, o eixo parará, e para mover um veículo, em travagens e acelerações precisará sempre de "sacar" energia ao sistema. Percebe?

      Eliminar
  9. É isso que eu perguntei quando questionei a possibilidade de uma roda girada pela atração-repulsão dos imãs poderiam "passar adiante". Você respondeu que a dificuldade estaria na necessidade de afastamento dos imãs.

    Quer dizer então que, mesmo que tivéssemos uma roda que girasse constantemente apenas com a atração-repulsão de imãs (considere isso uma suposição), ela não seria capaz de ser a base de um sistema de energia que pudesse abastecer um aparelho qualquer?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Corretíssimo. Vc pode ter uma roda a girar eternamente (1º lei de Newton aplicado ao movimento angular) mas essa roda nunca poderia abastecer um aparelho.

      Eliminar
    2. Entendi. Muito obrigado pela disposição e atenção, João.

      Eliminar
  10. Rapaz, na verdade nao é tão complicado assim. Enquanto o íman tiver capacidade de gerar campo, pode ser induzida uma força de atração ou repulsão entre dois ímans. Se vc dispõe esses ímãns de maneira adequada numa estrutura que seja capaz de rodar, basta que a força magnética em cada ponto da extremidade da roda seja suficiente para vencer as forças de resistencia ao movimento para que exista aceleração tangencial nos pontos da extremidade da roda. Se isso acontecer, a roda passa a se movimentar pronto vc tem um dínamo nas mãos. O único porém nessa história é se o íman vai ter força suficiente para vencer as forças de resistencia no motor e por quanto tempo, mas isso é resolvido alterando as dimensões do motor, o tipo de íman utilizado e o posicionamento desses ímans. Claro que a energia não vem do nada, ela é aproveitada de um campo que é gerado a todo momento mas que nunca utilizamos de maneira inteligente.

    ResponderEliminar
  11. Caro Caio. Não percebi nada do que apresentou.

    Das duas uma:

    - ou tem um íman permanente esse íman permanente o que faz é gerar campo magnético tal como o que a Terra faz é gerar campo gravítico, e aí aplica-se a regra do "pêndulo" já anteriormente debatida

    - ou tem um eletroíman, e aí precisa sempre de energia elétrica, que tem de vir de fora de um gerador

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  12. Não precisa ser necessariamente um íman permanente João. Um íman pode permanecer com sua capacidade de gerar campo magnético por anos sem variações relevantes de intensidade de campo gerado, se mantido a condições ambientes favoráveis. Assim como acontece com o campo magnético incessante que a Terra proporciona devido ao fluxo de lava no interior do núcleo terrestre desde quando foi formada. Dessa forma, o motor magnético pode gerar energia por anos a fio sem poluir e sem precisar ser alimentado, sendo necessária somente a manutenção para reduzir o atrito entre o rotor e o mancal.

    ResponderEliminar
  13. Mas o facto de o imã provocar uma força ad eternum, e sim provoca uma força constantemente por muitos milhares de anos, não significa que possa "gerar" energia. Não confunda os conceitos!

    Pense sempre no caso de um pêndulo ideal (sem atritos). Pendula eternamente, mas não é capaz de gerar energia, para um motor por exemplo.

    ResponderEliminar
  14. 'Gerar energia' é um termo usual, relacionado ao 'gerador' elétrico, que transforma energia elétrica.Estou ciente do princípio da conservação de energia do universo João. O que eu quis ressaltar ao descrever o funcionamento de um motor magnético, é que ele funciona. Entenda isso como uma crítica principalmente ao título do texto que pressupõe que esse tipo de motor não funciona, e também à acusação de fraude. A proposta desse tipo de motor não é ir contra as leis da física, mas sim apresentar um modelo de gerador(dispositivo capaz de transformar energia)que seja capaz de funcionar ininterruptamente durante muito tempo sem necessidade de alimentação. Considerando o tempo de vida de um ímã, um motor desses pode funcionar durante várias gerações, independentemente de condições ambientais ou presença de reagentes químicos. É claro que um motor não pode criar energia do nada, e nem eternamente, mas diante do consumo e tempo de vida dos motores que existem hoje(de combustão interna, por exemplo), esse motor cumpre sua proposta de "funcionamento perpétuo", e não é uma fraude.

    ResponderEliminar
  15. Caro Caio, o que vc diz é um embuste. Não há energia vinda "do nada". Já lhe disse, pense no magnetismo, como pensa na gravidade. Pense numa montanha russa, que anda a roda eternamente (caso ideal sem atritos).

    ResponderEliminar
  16. Bom, eu já disse que a energia não vem "do nada" no motor magnético e até expliquei de onde ela vem. Vem da capacidade do íman de gerar uma força de campo, assim como a gravidade, mas com a vantagem de ser um campo controlado e que podemos manipular mais facilmente. O motor não é uma farsa, ele funciona, tem suas desvantagens tais como falta do controle do torque, menos potência, e etc. Mas ainda assim, tem um consumo infinitamente menor do que qualquer motor convencional e um tempo de vida incomparável, além de não emitir poluentes e ter alta aplicabilidade prática em diversas situações. Pode acreditar se quiser, mas esse tipo de motor só não está no nosso dia-a-dia por barreiras mercadológicas e políticas.

    ResponderEliminar
  17. Mas vc não consegue controlar imans permanentes, pois eles estão sempre ativos. No caso dos eletroimãs vc precisa de dar energia elétrica

    ResponderEliminar
  18. Bom eu não sou físico ou cientista e nem formado a nada do gênero sou só apenas um admirador de novidades e dessas coisas científicas maravilhosa, que o ser humano descobre e inventa, mas deixa ver se eu entendi. Bom eu li tudo e todos os comentários e me corrijam se eu estou errado, mas o que eu um simples mortal sem formação nenhuma entendi: é que o "Motor Magnético Perpetuo" existe e funciona, mas por enquanto não serve pra nada (me desculpe os inventores e desenvolvedores dessa maravilha) eu me refiro a nada no sentido se ser útil pra alguma coisa. Pelo que deu pra entender ele só funciona pra ele mesmo, qualquer coisa que for acoplada a ele vai exigir uma força extra e essa ele não tem porque geraria o "atrito" é isso?? Nem mesmo um simples alternador de automóvel acoplado ao seu eixo ele não teria força suficiente para girá-lo e fazer com que produzisse energia nem para uma lâmpada de led sequer to certo ou to errado no meu entendimento??

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo caro Luciano. Nada se ganha, nada se perde, tudo se transforma! É preciso compreender que o problema moderno para as questões energéticas, não é um problema técnico, é essencialmente POLÍTICO! Veja o que foi escrito no texto:

      "E qual é a alternativa aos combustíveis fósseis? Simples meus caros: mudar o paradigma do ordenamento urbano, apostar fortemente nos transportes públicos, apostar em cidades cicláveis, apostar na ferrovia ou no carro totalmente elétrico, pois são tudo formas muito mais eficientes e limpas para transporte de pessoas e bens. No caso do transporte de passageiros, interessa ter um consumo energético por passageiro-km o mais baixo possível, no caso da logística interessa ter um consumo energético por kg-km o mais baixo possível. É impossível ter-se energia "vinda do nada", não há energia "grátis", mas podemos ser mais eficientes, ou seja, gastar menos energia e energia limpa, para transportar uma pessoa ao longo de 10km, por exemplo! E o comboio/trem é 60 vezes mais eficiente que o automóvel, para transporte de passsageiros, sendo ainda que a energia consumida pelo comboio/trem é muito mais limpa que a do carro! Não há energia de borla, mas podemos tornarmo-nos mais eficientes e mais amigos do ambiente!"

      Eliminar
    2. Errado Luciano, ele serve sim e o João fala do que não sabe, ou pelo menos do que lê nos livros é claro que devemos ter bom entendimento e isto obtemos lendo bons livros mas não é só isso que se resume a Vida não é ? é exatamente isso Luciano, o motor magnético em sí não gera energia, qualquer um que raciocine um pouco percebe isso, mas sim acoplado a um estator por exemplo (é o meu caso) sim ele gera e já tenho um vai fazer 3 meses funcionando initerruptamente, e alimentando meu Servidor, ele utiliza baterias mas a energia das baterias vem do estator que por sua vez é movimentado pelo motor magnético.
      Obs. só pra efeito de finalizar discussões inúteis - 3 meses com um Servidor ligado em um ambiente aonde não existe nemhuma tomada de energia elétrica convencional, para no caso de alguém também achar que eu me enganei e liguei errado ok ?

      Eliminar
    3. Chama a imprensa e prova que não estás a inventar...
      Se fosse verdade não te preocupavas mais com dinheiro.

      Eliminar
    4. Sr. Vitor M.C.Neves, não tenho a necessidade de mostrar a imprensa qualquer coisa que eu faça, e já por este motivo estou postando como anonimo como deve ter percebido, acho que se mais pessoas fizessem sua parte sem esperar aparecer, o mundo estaria bem melhor, não tenho necessidade de aparecer e tão pouco me preocupo com dinheiro, já me preocupei um dia, mas hoje vivo em meu sitio e me dedico a estudos, vamos dizer que gosto muito deste desafio, e aperfeiçoamento é o que estou buscando e creio que cada um que se envolva num projeto também busque, estou a beira dos 8 meses e quase a metade da minha residencia já é alimentada pelos dois sistemas (não que eu criei), mas que modifiquei conforme minha necessidade, minha intenção quando comentei foi simplismente para informar aos que buscam (como eu busquei e busco) acreditar que funciona sim e não desacreditar somente por que algumas pessoas como você que tiveram "formação" mas que talvez tenham ficado somente sentadinho atrás de uma mesa os diga o contrário, isso é algo que você e alguns que pensam ao contrário vão ter que amargar e conviver ou arregassar a manga da camisa e ir pra prática, vão ver que muitas coisas que estudamos e "pareciam / parecem" ser impossíveis são possíveis, favor não encare como uma agressão não foi minha intensão mas sim a de um choque ! pra te fazer

      acordar e olhar que existem mais pessoas no mundo que podem "fazer" enquanto algumas só "falam".
      uma outra informação: é a terceira vez que posto uma informação aqui,e para que não haja enganos visto que também existem outros "Anonimos" minhas postagens foram :
      Anónimo 17 de Dezembro de 2013 às 12:38
      Anónimo 17 de Dezembro de 2013 às 14:19 e a de hoje.

      Eliminar
    5. amadores construiram a arca de noé e profissionais, o Titanic.

      Eliminar
    6. E pior que a criação dos profissionais afundou kkk vcs debate tanto e nao chegam a conclusão nenhumas . Os melhores inventores foram considerados loucos por que desafiaram as teorias quando descobria a verdade . 2040 voaremos com super carros eletromagnético e , o petróleo perderá o seu valor e as guerras nao seram novidade pro Brasil . Kkk

      Eliminar
    7. E pior que a criação dos profissionais afundou kkk vcs debate tanto e nao chegam a conclusão nenhumas . Os melhores inventores foram considerados loucos por que desafiaram as teorias quando descobria a verdade . 2040 voaremos com super carros eletromagnético e , o petróleo perderá o seu valor e as guerras nao seram novidade pro Brasil . Kkk

      Eliminar
  19. Seria possível então criar uma máquina com energia potencial perpétua? Tipo assim, tenho uma força ou energia potencial X qualquer e consigo um rendimento de 70 ou 80 por cento desse valor de X, perdendo 20 ou 30 por cento em atrito, calor e outros, quanto mais eficiente melhor. Ao final de um ciclo, a energia potencial esta toda lá novamente, como se não tivesse sido usada. Como se fosse uma usina hidrelétrica que a massa de água usada para acionar as turbinas voltassem novamente para o topo da barragem. Uma máquina assim não seria um moto perpétuo, mas uma forma de energia potencial perpétua, que são conceitos diferente, porém o resultado prático seria equivalente. Se houver interesse falar sobre o assunto, contate-me, que lhe envio o material que tenho em PDF.

    massonjose@hotmail.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Impossível, impossível, pois para levar a água novamente para o topo da usina, iria gastar energia

      Eliminar
    2. claro que gasta mais energia, usei apenas uma metáfora pra dizer que é possível existir uma fonte de energia potencial perpétua, e que em tese é possível ter um moto contínuo sem violar nenhuma lei da física. No sentido mais amplo uma usina hidrelétrica já é possui uma fonte potencial perpétua, senão vejamos toda a água que passa pelas turbinas, é novamente levada ao topo da barragem através das chuvas, evaporação e condensação e outros fenômenos, portanto o planeta é um moto perpétuo, só que de longo ciclo, é necessário apenas criar mecanismos que diminuam esse ciclo. Quem defende que a impossibilidade do moto perpétuo ignora o elemento tempo nas equações.

      Eliminar
    3. completando meu raciocínio, .......
      Ainda que sempre ocorram perdas nas transformações de uma forma de energia em outra, por calor, atrito e outras resistências, e concordo com isso, não estou discutindo que esse conceito não seja verdadeiro, acredito que a busca deva ser pelo potencial perpétuo, ou de muito longa duração. A fonte de toda energia em nosso planeta provém do sol, desde os ventos, passando pelo petróleo, energia das plantas, até as fontes hidráulicas, e este astro vai demorar mais de 6 bilhões de anos para cessar as reações nucleares em seu interior, portando temos ai uma fonte de energia que é perpétua para nossa escala de tempo. Portanto, trata-se apenas de mudar o conceito para lançar outro olhar sobre o assunto. Volto, humildemente a oferecer-lhe minha tese, que culmina em 1 hipotética máquina, que poderei enviar-lhe em particular para sua análise. Detalhe, não é invenção de moto perpétuo, mas certamente lança um conceito novo sobre o tema.

      Eliminar
    4. O estranho é que o autor tem uma insistência em dizer algo que não foi dito, como "energia do nada", e muitos que comentam fundamentando novas teorias tem alguns comentários excluídos.

      Eliminar
    5. Caro Uailison. Não removi comentários de ninguém. Foram os próprios autores dos comentários que os removeram, ou então trata-se unicamente de SPAM, nada mais.

      Eliminar
  20. Aquele exemplo da órbita da Lua pra comparar com o magnetismo é ridículo! Por quê? Porque comparando mais corretamente, seria como se a Lua ao chegar na velocidade máxima dela, a gravidade terrestre MUDASSE DE SENTIDO e fizesse a lua ser atirada pra longe.

    É exatamente isso que acontece com o magnetismo, dependendo de que lado um imã esteja do outro, ele não se atrai, mas se repele. E é daí que vem essa energia aparentemente infinita.

    A verdade é que nós conhecemos essas forças tanto quanto uma pessoa qualquer conhece o celular dela: só sabe como usar, mas não faz ideia de como funciona ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O exemplo da Lua foi para que perceba o princípio da conservação de energia. O que vc está a dizer é que é ridículo! Não há energia infinita, tudo no Universo é finito, até o próprio Universo. O infinito e o vazio são conceitos lógicos e abstratos.

      Eliminar
    2. E eu disse "aparentemente" infinita. E ainda sim, não existiria nenhum problema se realmente fosse infinita, seria apenas uma nova descoberta '-'

      Quer um exemplo de energia que parece estar aumentando a cada ano?
      A energia escura! Como é possível que mesmo os corpos estando cada vez mais longe, sejam cada vez mais afetados por essa energia?


      Existem diversos modos diferentes de fazer motores magnéticos de energia livre, é só olhar no YouTube. Dos mais simples aos mais complicados. E não é difícil de entender. O que é mais difícil de entender é o ceticismo de pessoas que só "acreditam" em um conhecimento que ainda pode se expandir, e recusam a acreditar em algo que pareça milagroso de mais e que por sinal, está com provas de mais pra parecer mentira.

      Eliminar
    3. Mais uma vez, vc faz muita confusão com diversos conceitos, TODA A ENERGIA É FINITA!
      A energia do Sol, de todas as estrelas, de reatores nucleares, de buracos negros, etc.
      Mais uma vez, o problema atual não é técnico, É POLÍTICO!!! Enquanto a Petrobras mandar no Brasil, todo o sonho de cada brasileiro será ter carro, os transportes públicos serão só para pobres, as cidades serão a pensar no automóvel e apenas no automóvel, desprezando os pedestres, e os ciclistas urbanos serão encarados com indiferença.

      O problema é POLÍTICO, não é técnico, e olhe que eu sou um técnico, não sou político

      Eliminar
    4. quando eu digo que é infinita, eu quero dizer inesgotável. Imagine que o mar fosse próprio pra beber. O mar nós sabemos que acaba, mas mesmo se colocasse as 7 bilhões de pessoas para beber o mar e mais um monte de máquinas pra drenar o mar, ele nunca acabaria, pois é praticamente infinito! (mesmo sabendo que ele acaba).

      No caso do magnetismo, pode ser que ele converta alguma forma de energia que ainda desconhecemos, ou até mesmo algo que nós conhecemos, como uma forma de radiação em baixíssima frequência. Mas enfim, energia essa que seria inesgotável para o imã.

      Muito diferente da gravidade, que apenas direciona a energia do próprio tecido do espaço.

      Eliminar
    5. o magnetismo, do ponto de vista da conservação da energia, é igual à gravidade, pois este também a força através do "tecido do espaço". Lembro que o planeta Terra tem um campo gravítico e magnético

      Eliminar
    6. Sim, mas o motivo que "gera" a gravidade do planeta Terra, é diferente do motivo que "gera" o magnetismo. Não há nem uma teoria concreta do porquê a Terra tem campo magnético, apenas uma teoria superficial sobre o manto e o núcleo terrestre.

      E eu não sei se você percebeu, mas a interação de massa só atraem os corpos, enquanto que a interação de magnetismo pode tanto atrair, quanto repelir, e é nisso que consiste os geradores magnéticos...

      Eliminar
  21. "Nada se cria tudo se transforma". Se o imã está criando essa energia magnética? A transformação dessa energia em cinética não seria uma genuína transferência de energia?
    A mesma energia que um imã gasta para empurrar outro é que eu gastaria para fazê-lo com o dedo, a diferença é que quando ele sai do alcance do meu dedo eu movo o braço para continuar o movimento. Porque esse movimento causado pela repulsão dos imanes não pode ser aproveitado e mantido por um terceiro colocado em um local conveniente à tarefa?

    ResponderEliminar
  22. Outra coisa: "nada se cria, tudo se transforma": O conceito de que matéria atrai matéria considera que a energia gasta para o encontro entre as matérias é vinda da onde, senão do próprio conceito de que matéria atrai matéria?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o imã não "cria energia", pense no força magnética como pensa na força gravítica

      Eliminar
  23. Como explicar a eterna rotação dos elétrons em volta do núcleo de qualquer átomo à altíssima velocidade, sem parar, sem gastar combustível, se não pela ação do magnetismo? Ou isto também é uma mentira!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Da mesma forma que a Terra roda à volta do Sol, mas numa escala astronómica! Esses életrons um dia, daqui a milhares de milhões de anos, também pararão!

      Volto a frisar: pense num pêndulo ideal, sem atrito! Oscila eternamente! Agora tente gerar energia com ele!!!

      Eliminar
    2. Tava lendo os comentários,mas quando cheguei nesse resolvi sair fora.
      o Eng. João Pimentel afirmou que os atomos um dia,entrarão.em repouso.Os atomos tem 14 bilhões de anos q a gente saiba,mais algum tempinho e os eletrons decairam no núcleo.Ai é brabo.By

      Eliminar
  24. Meu caro João Pimentel, sabe uma coisa?
    Ao longo de semanas que tenho seguido a sua acérrima defesa contra algo que nem eu nem o senhor entende e percebe, mas deixe que lhe diga uma coisa: Mais cego que o cego é aquele que não quer ver. Deixe de se basear apenas nos conhecimentos atuais e abra a sua mente a algo que desconhece. Certamente o senhor teria a mesma defesa acérrima se nos anos 50 lhe dissessem que dali a 20 anos conseguir-se-ia colocar milhares de válvulas catódicas num simples chip de silício.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que vc não entendeu. Não há limites para o domínio da técnica, isto não se trata de limitações do ponto de vista técnico, essas com a evolução serão sempre ultrapassadas. Mas 1+1 será sempre 2! Falamos do princípio da conservação da energia, já alicerçado há centenas de anos, e mais do que milhares de vezes confirmado por físicos e matemáticos!

      Eliminar
    2. 1 + 1 pode ser 11 ou apenas 2 números 1, dependerá do ponto de vista, ou melhor, do conhecimento e forma que interpreta.

      Eliminar
    3. O símbolo + refere-se à operação de adição, ou seja a soma. Um somado com um será sempre dois!

      Eliminar
  25. Meus caros.. Para os que não acreditam em motor magnético permanente, e digo permanente com a durabilidade do imã e o inventor diz algo em torno de 18 a 45 anos de operação..
    este motor existe e está patenteado!
    Se quiser mais informações procure por este nome "Muammer Yildiz" existem videos e até o registro da patente.
    Ele faz demostrações do motor, desmonta na frente de professores, cientistas em suas palestras..
    se vcs acreditam que ele usa baterias ou pilhas para fazer funcionar preste atenção na potencia do motor.. ou se vc é capaz de explicar o pq ele gira com tanta potencia, me explique de onde vem essa energia!
    Acredito que teorias físicas sempre serão quebradas com novos conceitos.. assista os videos postados na internet e tire suas próprias conclusões.. "foi isso que eu fiz, tive que mudar alguns conceitos"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que está com azar, porque eu fui examinador de patentes no INPI de Portugal e conheço muito bem o sistema de patentes.

      Aliás, foi por ter revisto e analisado vários moto-contínuos, ou máquinas de movimento perpétuo, como este do filme, que me fez escrever este texto!

      Se diz que está patenteado, diga aí então o número da patente por favor para eu ver!

      Eliminar
    2. world patent number : PCT/EP2008/006459
      Turkish patent office: 2004/03517
      germany : NR 10/2007/037186
      PCT : PCT/EP/2008/006459

      Eliminar
    3. Caro Manuel

      O pedido que vc citou, com o número de publicação WO2008006459 (será mesmo este??) não tem potencial

      Como pode ver AQUI no relatório de pesquisa internacional, na parte de "search report" esse pedido é citado com uma série de documentos 'X', significando que "nada vale", que não tem qualquer potencial de patenteabilidade!!!

      Eliminar
  26. João: como discutir com pessoas que não tem o minimo conhecimento de física? É um discussão inutil. Engraçado que somente leigos defendem estas teorias do motor perpetuo.

    ResponderEliminar
  27. Pelo que li em todos os comentários contráios ao motor magnético vi apenas mentes sem capacidade de inovar.
    Um dos comentários de João muito claro,"Não vou video algum..."
    Se ele não quer ver além da porta fechada na sua mente então que continue assim. Trabalho com tecnologia, crio, acerto, erro, mas sempre busco aprender.
    Em resumo, João perca o medo da inovação ou morra no passado.
    Ass Franco.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ninguém está como da "inovação". Agora o que lhe digo é que os vídeos da net que apregoam o motor perpétuo são um EMBUSTE. E farto de ver embuste estou eu!

      Eliminar
    2. eu não sou estudado em nada, mas acredito que é possivel fazer alguma coisa disso, e penso assim, quando as leis da fisica foram criadas, não se conhecia nada do universo, não estou a dizer que estão erradas, mas podem não estar totalmente certas, eu so penso assim, poderei estar errado, mas se ha 150 anos alguem dissesse que íamos ter net no telemovel, ninguem acreditaria, por isso quem sabe se daqui a 150 tudo será diferente, como se costuma dizer, o que hoje é mentira amanha é verdade, e vice versa, estudem os conceitos e tentem, só depois se dêem como derrotados,tenho mesmo muita pena de não perceber nada do assunto que quem ía tentar algo era eu, mesmo que depois fosse para jogar tudo no lixo...

      Eliminar
  28. Aproxime dois imãs. O dia em que eles se desprenderem por livre e espontânea vontade, eu acreditarei que a energia magnética é finita.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Terra e a Lua não se "desprendem", e não é por isso que o sistema Terra+Lua tem energia infinita. Um pêndulo não se "desprende" do seu apoio e não é por isso que tem energia infinita. Não confunda conceitos por favor! Força é diferente de Energia!

      Eliminar
  29. leio aqui as coisa mais incríveis , que ás vezes nem dá para acreditar quando alguém diz que não há energia vinda do nada .
    Como se podem dizer estas coisas a energia vem do nada só precisa de uma força motriz como o vento a água etc.o que o homem está a tentar é criar essa força sem recorrer ao que nós conhecemos ou seja a custo zero , mas não pudemos todavia dizer que é a custo zero porque só construir um motor magnético fica caro.
    Mas é possível sim , pois a força dos magnéticos pode ser muito fortes .
    Mas eu passarei a dar novidades em tempo .

    ResponderEliminar
  30. O vento vem da rotação da terra que provoca movimentos na atmosfera, a água vem da energia potencial gravítica que ao descer pelo riacho, transforma energia potencial gravítica em energia cinética. A força da Terra sobre o seu corpo também é muito forte (9,8 x (a sua massa) N) e não é por isso que o seu corpo gera energia.

    FORÇA É DIFERENTE DE ENERGIA!!!!

    Quando vc faz força contra um muro de betão, está a aplicar uma força, mas NÃO ESTÁ A GERAR ENERGIA, pois há uma contra-força (ação reação, 3ª lei de Newton) que anula a sua força! O mesmo se passa com imãs, POR MAIS FORTES E ETERNOS QUE SEJAM os imãs!

    Só há energia, quando essa força cria movimento, e nesse caso, pode gerar movimento num sentido, mas depois precisará de energia, para voltar ao sentido onde estava, e na soma do resultado geral, o resultado É NULO!

    ResponderEliminar
  31. Ola pessoal! imaginem um gerador de energia que seja de 10kva semelhante aos da http://www.alterima.com.br/ auto suficiente para sustentar uma casa simples, gerador com mesmo projeto que eles vendem, porem em vez de usar a força da água para se obter o giro constante no gerador, substituamos as paz que é usada para girar o eixo da polia maior por hélices tipo turbina com suporte para encaixar os imãs, e na armadura das hélices coloquemos também os imãs todos lado norte para com lado norte os da hélice como os da armadura com suporte bem projetado, com abertura e fechamento com travas no caso via pistão pneumático na armadura
    com varios conjuntos de hélices conforme a potência desejada, na saída do gerador coloque um watimetro e um TC para regular a velocidade no eixo que estão as hélices onde encontra a polia maior com correia para a polia menor do GERADOR, isto tudo automatizado, agora pensem um pouco em como realizar isto não tenho condições financeiras para testar e ver se realmente funciona, mas desejo que alguém consiga e me procure ao menos só para me dar um abraço de agradecimento é isto ai galera boa sorte.

    ResponderEliminar
  32. João e pessoal, boa tarde,

    Estou gostando muito das discussões, menos da falta de compreensão com os mais leigos, sei que você não quer ver vídeo, mas peço a todos que vejam os estudos do professor Salvador Perrotta, um senhor que explica muito bem o magnetismo no universo e nos imãs, ele mudou minha visão de impossível.
    http://www.youtube.com/watch?v=pLT2ZfQDIFc
    Antes de me criticar, digo que conheço e acredito nas leis da física, sei que nada é infinito, também acredito na "Lei da Conservação das Massas", entre outras. Fica a dica.

    ResponderEliminar
  33. Caro Reinaldo. Vi parte do vídeo, e o prof em causa apenas propala algumas generalidades sem propriamente ter uma terminologia muito técnica. O dispositivo que o prof. mostra, funciona eternamente, ASSIM COMO UM PÊNDULO que oscila funciona eternamente, sem atrito. Mas a máquina que o prof. mostra nunca seria capaz de gerar energia.

    ResponderEliminar
  34. Caros

    Enquanto examinador de patentes VI DISTO AOS PONTAPÉS.

    Na classificação internacional de patentes, para as máquinas elétricas de movimento contínuo, existem as classificações H02K53/00 e H02N11/00

    Assim vejam TODOS ESTES DOCUMENTOS DE PATENTE

    Veem lá muitas coisas "interessantes" de gente que diz que encontrou um milagre da energia.

    SÃO AS EMPRESAS DO PETRÓLEO que alimentam estes charlatães e estes mitos, descredibilizando qualquer tentativa válida de lhes fazer frente. Ou é o motor de combustão, ou charlatães de internet e videntes com motores "milagreiros" detentores de alguma pedra filosofal, qual santo graal da energia!

    ResponderEliminar
  35. Caro João, concordo com você que o Perrotta demonstra varias características físicas dos imãs, ele postou una 6 vídeos, eu assisti os todos e há um momento em que ele demonstra qual energia do magnetismo que devemos tentar aproveitar para transformar, e não gerar, energia magnética em energia mecânica. Tem muito com o diferencial de massas e mono-magnetismo, com somente um polo. Volto a focar que não acredito em geração de energia, em apenas transformar uma energia em outra menor.
    P.S.: A maquina que o professor mostra nunca gerara energia, porque é apenas para uso didático, em nenhum momento ele mostra uma maquina ou esboço de uma, ele aborda um caminho possível, e não muito lembrado.

    ResponderEliminar
  36. Não há energia no magnetismo como não há energia na gravidade, força é diferente de energia. Energia é força+movimento. E quando uma máquina efetua um ciclo (força+movimento) precisa sempre da mesma quantidade energia, para voltar à posição inicial (força oposta+movimento oposto).

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Lei_da_conserva%C3%A7%C3%A3o_da_energia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Errata teórica: Na realidade o magnetismo e a gravidade têm Energia, a denominada Energia potencial, pois podem potenciar as "verdadeiras" energias que são a energia cinética e o Calor. Da mesma forma que um litro de gasolina parado e imóvel tem energia potencial, pois pode ao ser queimado, gerar energia cinética e Calor.

      Eliminar
  37. Fico impressionado com a quantidade de pessoas que "reinventaram a roda" ... Nicola Tesla já havia criado esses motores/geradores que giravam apenas com a força dos imãs a mais de um século e ainda há pessoas patenteando as invenções dele com pequenas mudanças/roupagens.

    O que estou tentando entender é o seguinte: por que não podemos substituir a água (das hidrelétricas) ou o vento (das eólicas) pela simples repulsão de polos dos imãs? Ambos gerariam o movimento que "bombearia" elétrons. Não há coisa alguma sendo gerada do "nada". Mudamos apenas o que dá início do processo de geração de energia elétrica, o restante é basicamente o mesmo que vem sendo usado.

    Como a capacidade dos imãs deve durar cerca de uns 300 anos, algumas pessoas tomaram a liberdade de dizer que seria "infinita" a sua capacidade de gerar energia elétrica. Comparada às fontes atuais, essa forma de gerar energia realmente beraria a capacidade "infinita".

    Caro moderador da discussão ... se for comentar algo sobre o que acabo de escrever, peço que respeite o espaço de discussão que você mesmo criou e não exclua meu comentário (como vi outros acima), nem tão pouco perca a compostura, pois, se está sem paciência para comentar, não comente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E respondendo diretamente à sua questão entenda o magnetismo como entende a gravidade. Força é diferente de energia. O motor só pode gerar energia quando existe uma força e ao mesmo tempo movimento. O facto de haver uma força quase eterna e "forte" a puxar dois imãs nada garante. A Terra também exerce uma força sobre o seu corpo, que é "forte" e eterna, para que o seu corpo não se "desprenda" da Terra, mas o seu corpo, não é por isso, devido a essa força, que gera energia.

      O seu corpo só geraria energia, se do cume de uma montanha, você descesse com a sua bicicleta até à praia. Neste caso, a Terra puxá-lo-ia através da força gravítica, e ao se movimentar, estava a gerar energia (Energia cinética que depende da velocidade). Essa energia incrementaria com o tempo à medida que descia da montanha e seria E=(m*v^2)/2, que era o Trabalho (Energia) executado pela força da gravidade.

      Mas quando chegasse à praia na sua bicicleta, se quisesse voltar ao pico da montanha, a gravidade já não o ajudava, aí teria que ir buscar energia a algum lado: aos alimentos para lhe darem força para pedalar para cima.

      Assim, o facto de dois imãs se atraírem nada garante, pois se largarmos os imãs eles aproximam-se um do outro, mas depois terá de gastar energia de fora, para os afastar e voltar a colocá-los no mesmo sítio. E como a força magnética é uma força conservativa, a energia que ganharia com a junção dos imãs provocada pela sua força de atração, seria exatamente igual à energia que teria de gastar, para os voltar a afastar novamente.

      Espero que tenha sido claro e que não me faça repetir por favor!

      Quando me provarem que a lei da conservação da energia está errada, eu passo a acreditar em motores 'auto-suficientes'

      Cumprimentos

      Eliminar
  38. caro Maximo

    Não eliminei quaisquer comentários. Deve estar a fazer alguma confusão. Permito total liberdade de expressão neste blogue.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  39. Se o experimento do professor estivesse conectado abaixo do eixo um motor com eletroímãs (os mesmos motores de brinquedos) ali haveria um fluxo de elétrons, a famosa corrente alternada. Não importa a proporção,sim o conceito. Este sistema tranquilamente seria capaz de girar o eixo e converter energia mecânica em elétrica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu Deus, eu irei realizar este experimento e compartilharei aqui, será um prazer ver o meu vídeo sendo chamado de fake quando ele for real.

      Eliminar
    2. Força, quando se cansar de tentar diga!!!

      Eliminar
  40. quanto mais tempo passa mais entendo que não sei nada não sabemos meio % que Deus criou lembre-se com certeza primeira roda era quadrada nada e perfeito e tudo se aperfeiçoa

    ResponderEliminar
  41. Claro que não há limites para o domínio da técnica, mas há limites teóricos. Acho que nem daqui a 1 milhão de anos, vão conseguir demonstrar que 1+1=4. Como digo, se me demonstrarem que a lei da conservação da energia é falsa, eu passo a acreditar em motores auto-suficientes.

    ResponderEliminar
  42. João ... vi um vídeo na internet de um dos pioneiros na construção desses motores/geradores. O mesmo começa a gerar energia com várias lampadas que consomem muitos watts ... ele sai ligando vários equipamentos e derrepente o motor começa a diminuir a velocidade, como se o consumo excessivo realmente revertesse o movimento. Talvez fosse mais ou menos o que você falou ... uma coisa se transforma em outra, mas pode retroagir depois de um certo ponto e anular-se.

    O que eu dizia era que os elétrons teriam que ser retirados de algum lugar, sendo "bombeados" (gerador). Estilo esse experimento em que os caras se intitulam "criadores" de outra descoberta de Tesla: http://www.youtube.com/watch?v=iRSP7h73u-Q
    parece uma "imitação" do princípio da torre/bobina de Tesla (em que a bitola dos cabos iam sendo diminuídos e uma pequena corrente na base gerava uma enorme voltagem na ponta), só que com um objetivo diferente.

    O cara pioneiro que eu falei foi esse ai: http://www.youtube.com/watch?v=9mHTPjg_As0
    Nao foi exartamente esse vídeo que eu vi, mas dá para ter uma idéia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Máximo. Obrigado pela informação. Fique só uma coisa bem ciente na sua mente: Não há motores auto-suficientes :)

      Cumprimentos

      Eliminar
  43. João, parabéns por gerar esse debate. Concordo com você, não existe energia infinita, a famosa frase sitada repetidas vezes é verdade ("nada se cria, tudo se transforma").
    Porém eu uma coisa não me ficou claro nas discussões acima, pra você além de não existir energia infinita, também não é possível existir motores (motores ou geradores elétricos) a partir do magnetismo de ímãs? Caso não seja, você poderia me explicar melhor?
    Pois penso que podem existir, porém não seriam infinitos, e também seriam limitados como descrito acima pelo "Caio 30 de Abril de 2013 às 18:57"
    Obrigado!
    Felipe

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É possível haverem motores que funcionam através do magnetismo. Chama-se motores elétricos e existem muito antes do motor de combustão.
      https://pt.wikipedia.org/wiki/Motor_el%C3%A9trico

      Eliminar
  44. Meus amigos,vcs estao equivocados e acreditando na ciencia explicada na escola,cegos guiando cegos ! preferem continuar semdo escravisados por uma minoria que detem toda tecnologia que vcs nao podem se quer imaginar,qualquer pessoa q queira afirmar qualquer coisa é um mero ignorante,o dia que vcs virem uma nave sumindo do nada para outra dimensao vao procurar encontrar nos teus livros respostas cientificas e só irao encontrar continha de 1+1=2....
    nada se cria tudo se transforma? hahahaha.......eu diria nada evolui e sim regressa ao seu estado natural.

    ResponderEliminar
  45. E se instalar no motor magnético, no meio um pequeno motor que fosse elétrico no centro do rotor magnético, que lhe desse impulso, nas bordas do rotor magnético onde estão os imãs que lhe empurram, a uma pequena distancia colocar bobinas de cobre , para quando o motor magnetico dos imãs passarem gerassem energia elétrica alternada, essa energia passasse por um transformador DC e voltasse para o pequeno motor eletrico no centro do rotor magnetico, que faria o rotor magnetico ganhar impulso a cada giro, isso não daria certo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não dava porque, na prática isso seria apenas criar demanda no motor elétrico. E essa demanda seria apenas como se tivesse apenas um motor elétrico.

      Eliminar
  46. Se voces mesclarem energia magnetica, mecanica, e gravidade...uniram tres forças para criarem uma so geradora. so digo isso...pensem em como introduzir no projeto que ja teem em maos,...e verao que procede.A gravidade e gratis...a magnetica do ima....principalmente de neodimio..incrivel...e a mecanica, atraves de molas e contrapesos.....farao funcionar....Acreditemm...nao e magica.A gravidade da o impulso,...o ima mantem e a mecanica acelera.Deem retorno apos sucesso.marcoscorazzari@gmail.com...abraços

    ResponderEliminar
  47. Pessoal, o segredo esta em: Uma so energia nao gerara 2 vezes a energia. E logica. Se gerar x, consumira x. Porem , o segredo esta em MESCLAREM ; energia gravitacional, para impulso...energia magnetica, para manter...e por fim ..energia mecanica para acelerar.Imas de neodimio, sao potentes e quase perpetuoa, teem vida longa. molas, eixos fora de centro e contra pesos, sao otimos aceleradores. Incorporem isso ao projeto que ja existe com voces, e veram qu nao e segredo nem misterio. Tres forças, uma para iniciar , outra manter e outra sobra para gerar. deem retorno do sucesso. Procedam com prototipos minusculos...depois em outra escala.

    ResponderEliminar
  48. Rotor perpetuo e verdade temos um exenplo especial na natureza sao os eletrons movem- se sem parar e sem desligar nimguem deçifrou essa tecnica ainda ,fica ai meu comentario ,sou otimista a ciencia ainda nao esta nem no começo por isso sempre busco e ja tenho diversas ideias relacionadas ao rotor perpetuo obrigado por ler meu comentario fale comigo pelo facebook wilson farias do nascimento nos vemos la

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Wilson
      Os eletrons movem-se em torno do núcleo do átomo da mesma forma que a Lua roda em torno da Terra, e a Terra em torno do Sol. Há centenas de anos que isso está decifrado, chama-se conservação do momento angular.

      Eliminar
  49. Os`àtomos sao o maior exenplo de rotor perpètuo estao em constante movimento e nao param se parar que seria de nos. Ninguem deçifrou esta tecnica ainda tenho minhas proprias sugestoes perto to de fazer um dispositivo perpetuo me emcomtre no facebook wilson farias do nascimento agente conversa sou do pàra

    ResponderEliminar
  50. João, concordo plenamente com o fato de motores auto-suficiente serem impossíveis (por enquanto). Admiro muito sua paciência em responder cada comentário, as vezes tendo que se repetir de várias formas diferentes. Aprecio também sua grande fé na ciência! Mas apenas acho que em um mundo onde Tempo = Espaço, E=MC2, e Higgs bosons existem, tudo é possível; inclusive energia se criando do nada. A única coisa que precisamos fazer é dar um nome para esse Nada.

    Abraços a todos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Fabio.
      Obrigado pelas suas palavras. Quando me provarem que a lei da conservação da energia e a primeira lei da termodinâmica estão erradas, eu passo talvez acreditar em moto-continuos

      Eliminar
  51. Desculpe minha ignorância. Mas se o movimento perpétuo não existe, pois nada de perde e nada se cria, pq a lua não para de girar ao redor da terra? Podem dizer q ela não está rodando, e sim em queda constante. Mas aí já depende do ponto de vista e referência de cada um. Ou não.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá. Já expliquei isso. Deve-se a esse mesmo princípio da convservação da energia, neste caso à conservação do momento angular. Pense num pêndulo que também oscila eternamente (caso ideal sem atrito). Agora tente "gerar" energia com esse pêndulo.

      Eliminar
  52. Sr Joao o Sr não sabe muito bem sobre o que esta falando,pois se soubesse nao falaria que imãs não possam trabalhar desta maneira,os imas podem mover um motor ou seja um gerador basta ter criatividade em montar o projeto,o meu é pequeno,tenho um pequeno motor destes de carrinhos de brinquedos que coloquei alguns imãs para movelo e com isso ele mantem acesa um led!!!Eng.Eletrica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tanga, tanga, tanga... leia o que escrevi novamente por favor

      Eliminar
    2. Caro R. Santos. Sou Eng. Eletrotécnico, tive cursos de máquinas elétricas e sou examinador de patentes, sei do que falo.

      Eliminar
  53. me desculpe se vou falar bobagens,mas me acompanhe:um imã gasta energia a vida toda,e,um dia vai se esgotar certo,mas uma moto movida com dois imãns se repelindo andaria somente a uma determinada velocidade nada mais,nada menos.e claro nao da para tirar energia do nada,pois materia nao pode ser criada so modificada certo.mais e se alguem conseguisse fazer uma moto andar com energia magnetica,atraves de um campo magnetico gerado pela eletricidade de uma bateria com a ajuda de um potente transistor para aumentar a carga fazendo a moto ir mais rapida e tendo a energia do movimento das rodas convertido em energia divouta a bateria,seria uma moto auto sustentavel certo,mais me diga isso seria possivel obrigado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Horlando, começa logo com bobagem quando diz que um "imã gasta energia". Um imã não tem energia, um imã aplica uma força (como a força que a Terra aplica no seu corpo) e força é diferente de energia. Veja o que expliquei aí em cima sobre o caso da bicicleta.

      Eliminar
  54. Interessante como o autor desse blog, insiste em repetir incansavelmente suas teorias. Será que todos os outros que debateram o tema, e que teorizaram dezenas de outras idéias, não tem conhecimento algum sobre o tema? Ou só o sr, Sr. João Pimentel sabe das coisas? A pergunta que faço, é a mesma que alguém aí em cima fez. "Se, em uma usina hidrelétrica ou Eólica, é preciso "força" para que se girem as pás e essas por sua vez, repasse essa força para que o gerador produza energia, porquê a água e o ar não poderiam ser substituídos por ímãs, posicionados de tal forma que mantivesse uma rotação constante e com força suficiente para girar por um determinado tempo? ( Não usemos o termo " Infinito", mas que dure ao menos algumas dezenas de anos) Sinceramente! Respeito a sua teoria João, mas me parece que você não gosta muito de contrariar aquilo que aprendeu na universidade. Não tenha "medo" de sair dos livros. Até onde sei, o termo "teoria" já é uma própria incógnita, nunca foi um termo "lógico", A "prática" é a lógica, a história da evolução nos mostra isso. Não seja a "Igreja" da idade média, a mesma que "condenou" alguns cientista famosos de nossa história.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Explique-me como é que água seria substituída por imãs pois não entendo. Caro amigo, não me leve a mal, mas começo a "perder a paciência", perdão pela arrogância, vá estudar magnetismo (ramo da física) e depois venha para aqui comentar. Mas estude numa Universidade, não através de vídeos do youtube

      Eliminar
    2. João Pimentel Ferreira, Darlei Teixeira simplesmente falou sobre a força universal. Se água e vento servem como propulsores e consequentemente geram energia e se refazem, porque eles não poderiam ser substituídos pelo magnetismo? É lógico. Tomemos como exemplo a água: em seu ciclo ela está em eterna queda, por isto gera energia, mas qual é a energia que a faz subir? O calor do sol. Então deduzimos que enquanto tivermos sol a água continuará seu ciclo. Isto por sua vez não é um moto-contínuo, ou digamos um moto de bilhões de anos?

      Caro João Pimentel Ferreira, recomendas que façamos faculdade de física e deixemos os "videozinhos da internet de lado" mas se assim fosse como saberíamos o que o Grigory Perelman descobriu (http://noticias.terra.com.br/ciencia/interna/0,,OI1102865-EI238,00.html) se não fosse a internet.

      O fato é que estamos travados no pensamento dos outros não não nos atrevemos a pensar. Quando nos atrevemos existem teóricos que desestimulam o contrário para permanecerem inertes.

      Quer postar na internet e só ter opiniões favoráveis?
      Não posso confirmar que sejam verdadeiros os vídeos postados e nem que o motor magnético realmente funcione, mas posso ao menos debater sobre o tema. Este é o direito que nos deu ao postar conteúdo aberto.

      Obrigado.

      Eliminar
    3. Amigo, os seus conceitos são belos e idílicos, mas não têm fundamento na Física. Como disse, estude Matemática, Física, e só depois então pode começar a pôr em causa os pilares da Física. Existem veículos a energia solar, e a vento (veleiros), o que não pode querer fazer é entrar nesses sofismas sem qualquer fundamento no campo da mecânica.

      Eliminar
    4. Glênio, você mesmo respondeu à sua pergunta! se não fosse o sol a "injetar" energia nesse ciclo, para fazer a água subir, ela nunca mais voltaria a cair! os rios já tinham feito o seu caminho para o mar e os seus leitos estariam secos... como é que isto lhe parece contínuo se está limitado pela duração do sol? para isso todos os motores são contínuos, até se acabar a gasolina :) não se pode confundir uma coisa perpétua com uma coisa que dura muito tempo...

      Eliminar
  55. Interessante como o autor desse blog, insiste em repetir incansavelmente suas teorias. Será que todos os outros que debateram o tema, e que teorizaram dezenas de outras idéias, não tem conhecimento algum sobre o tema? Ou só o sr, Sr. João Pimentel sabe das coisas? A pergunta que faço, é a mesma que alguém aí em cima fez. "Se, em uma usina hidrelétrica ou Eólica, é preciso "força" para que se girem as pás e essas por sua vez, repasse essa força para que o gerador produza energia, porquê a água e o ar não poderiam ser substituídos por ímãs, posicionados de tal forma que mantivesse uma rotação constante e com força suficiente para girar por um determinado tempo? ( Não usemos o termo " Infinito", mas que dure ao menos algumas dezenas de anos) Sinceramente! Respeito a sua teoria João, mas me parece que você não gosta muito de contrariar aquilo que aprendeu na universidade. Não tenha "medo" de sair dos livros. Até onde sei, o termo "teoria" já é uma própria incógnita, nunca foi um termo "lógico", A "prática" é a lógica, a história da evolução nos mostra isso. Não seja a "Igreja" da idade média, a mesma que "condenou" alguns cientista famosos de nossa história.

    ResponderEliminar
  56. Não tenho problema algum em tolerar arrogância Sr. João, mesmo porque, sei que quando se entra em assuntos "polêmicos", quem os lança tem que aguentar as consequências, do contrário, é melhor ficar calado. Para ser inteligente, não é preciso cursar universidades. Para mim, teoria é uma coisa, prática é outra....o mundo já viu pessoas que achavam que o planeta era plano e que a eletricidade não poderia substituir a querosene, que por sua vez, não seria substituta do óleo de baleia.....aproveitando seu conselho, vou reconsiderar meus conceitos e parar de assistir canais de televisão que gastam milhões para levar conhecimentos de práticas e teorias até nós...Natgeo, Discovery, History e alguns outros...melhor assistir TV aberta, quanto mais ignorante o ser humano, melhor para os "tubarões" que mandam e desmandam no mundo.
    Desculpe-me o incômodo, prometo não meter mais meu bico nesse "seu mundo".
    Se algum dia quiser conhecer o meu, não terei problema algum em "discutir" aquilo que sustento...."O mundo é uma eterna discussão, por isso, não vivemos em um mundo melhor. Manda quem pode, obedece quem tem juízo"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Darlei, perdoe-me a arrogância, mas eu não disse para ver TV, disse para cursar numa universidade, e de preferência Física, vocês no Brasil têm muito boas universidades, é só escolher. Como já anteriormente referi, os limites neste caso não são técnicos, são teóricos. 1+1 será sempre 2

      Eliminar
    2. 1+1=2 na sua matemática!

      Eliminar
  57. Não tenho problema algum em tolerar arrogância Sr. João, mesmo porque, sei que quando se entra em assuntos "polêmicos", quem os lança tem que aguentar as consequências, do contrário, é melhor ficar calado. Para ser inteligente, não é preciso cursar universidades. Para mim, teoria é uma coisa, prática é outra....o mundo já viu pessoas que achavam que o planeta era plano e que a eletricidade não poderia substituir a querosene, que por sua vez, não seria substituta do óleo de baleia.....aproveitando seu conselho, vou reconsiderar meus conceitos e parar de assistir canais de televisão que gastam milhões para levar conhecimentos de práticas e teorias até nós...Natgeo, Discovery, History e alguns outros...melhor assistir TV aberta, quanto mais ignorante o ser humano, melhor para os "tubarões" que mandam e desmandam no mundo.
    Desculpe-me o incômodo, prometo não meter mais meu bico nesse "seu mundo".
    Se algum dia quiser conhecer o meu, não terei problema algum em "discutir" aquilo que sustento...."O mundo é uma eterna discussão, por isso, não vivemos em um mundo melhor. Manda quem pode, obedece quem tem juízo"

    ResponderEliminar
  58. Não é por nada não, mas esta pessoa escreve de uma maneira muito confusa. A ideia foi legal, de explicar os problemas do motor por imas, mas ele deveria seguir uma linha direta de raciocínio, algo continuo e cronológico. Ao invés disso, deixou o texto muito confuso e o leitor deve juntar fragmentos separados para entender a ideia.

    ResponderEliminar
  59. O motor magnético é uma realidade sim, o fato é que existem pessoas fazendo vídeos com o propósito de destruir esta invenção são gozadores e inguinorantes sem conhecimento.
    Poderiam usar este invento para suprir energia nas comunidades carentes espalhadas no mundo inteiro onde as pessoas não tem acesso a energia, levaria luz, e permitiria a estas pessoas a usar tv, computador, melhorando suas vidas.

    ResponderEliminar
  60. Inacreditável!!!
    Como alguém(e vários "alguém") que não faz a menor ideia do que está falando questiona insistentemente o autor baseando-se simplesmente em vídeos do youtube e a aparente capacidade da ciência conseguir o impossível!
    Os vídeos do youtube não servem pra nada! Não provam nada...mesmo que alguns sejam "reais", o fato de funcionarem por 5 minutos num vídeo(e se aproveitarem disso para convencer os mais leigos)...está muito longe de provar que algo é perpetuo...ou mesmo que dure mais que algumas horas!
    Através da ciência se consegue desenvolver muitas tecnologias revolucionárias...coisas que eram aparentemente impossíveis...mas o que estão querendo apoiar é impossível! (Sem querer copiar o autor...) 1+1 = 2...é assim e sempre será....em qualquer "matemática" que se baseie!
    Pessoalmente creio que é possível criar energia a partir do nada(procurem o vídeo "O universo a partir do nada" no youtube - recomendo ao autor inclusive) o que não quer dizer que necessariamente, um dia, conseguiremos fazer isso!
    Por outro lado...se isso realmente for possível..."NÃO SERÁ ATRAVÉS DE IMÃS NE DA GRAVIDADE" - disso podem ter certeza...chorem o quanto quiserem!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Luciano, questionar faz parte do debate. Mas o que é realmente necessário não está se questionando: Será que não há um paradigma a ser quebrado nesta questão? Lembro do caso do adolescente de 15 anos (http://veja.abril.com.br/noticia/ciencia/jovem-de-15-anos-revoluciona-o-combate-ao-cancer-de-pancreas) que, sem ao menos ter conhecimento da matéria, e talvez por não ter, foi lá re revolucionou o que antes era um paradigma imposto pelos que realmente ganham dinheiro com o teste retrógrado. O fato é que, ao meu ver, a única energia realmente universal é a gravitacional. O resto é derivações dela.

      Eliminar
  61. João Pimentel Ferreira, seus conceitos estão eivados de pragmatismos operacionais: quando se admite o óbvio por não conhecer alternativas. O sol acabará um dia, mas a energia transmitida por ele nunca. Um pêndulo não gera energia pois a força maior do planeta o força a parar. Esta força maior é a gravítica (como Você a descreve). Caso todos estes vídeos forem realmente um embuste então tem muita gente querendo nos enganar sem ganhar nada. E como o ganho é o que move o mundo, imagino que, usando de seu conceito, enganar os outros sem se beneficiar é o mesmo que gerar energia do nada. Uma grande mentira.

    ResponderEliminar
  62. Caro Glênio, enquanto a Petrobras mandar no Brasil, o sonho de qualquer brasileiro será ter carro. ABRA OS OLHOS! Vejam como estão suas cidades: poluição, ruído, carros, atropelamentos, ocupação de jardins, passeios, tudo para que a Petrobras tenha sucesso.

    Retirado do texto lá de cima:
    "Oiçam bem, os motores magnéticos milagreiros são uma tanga, um embuste! E qual é a alternativa aos combustíveis fósseis? Simples meus caros: mudar o paradigma do ordenamento urbano, apostar fortemente nos transportes públicos, apostar em cidades cicláveis, apostar na ferrovia ou no carro totalmente elétrico, pois são tudo formas muito mais eficientes e limpas para transporte de pessoas e bens. No caso do transporte de passageiros, interessa ter um consumo energético por passageiro-km o mais baixo possível, no caso da logística interessa ter um consumo energético por kg-km o mais baixo possível. É impossível ter-se energia "vinda do nada", não há energia "grátis", mas podemos ser mais eficientes, ou seja, gastar menos energia e energia limpa, para transportar uma pessoa ao longo de 10km, por exemplo! E o comboio/trem é 60 vezes mais eficiente que o automóvel, para transporte de passsageiros, sendo ainda que a energia consumida pelo comboio/trem é muito mais limpa que a do carro! Não há energia de borla, mas podemos tornarmo-nos mais eficientes e mais amigos do ambiente!"

    ResponderEliminar
  63. O Sr.Eng está muito afastado das novos progressos. Tem que se actualizar ou será que trabalha para alguma petrolífera?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O caro Jorge deve ser analfabeto. Se não fosse, por certo teria lido o comentário que postei exatamente antes do seu.
      Cumprimentos

      Eliminar
  64. Caro João Ferreira, gostei do texto e estou de acordo ou melhor tenho de estar de acordo, pois leis com base cientifica, como a da conservação de energia, são as únicas que conheço que não são violáveis. Por este motivo tem sido a ciência a minha "religião". Quando vi estes vídeos também achei que são uma farsa, e procurei um explicação e cabei aqui no seu blog..
    Li alguns comentários, e o que posso aconselhar aos outros bloguistas é que leiam livros de Física, Química, Termodinâmica de entre outros, para entenderem melhor o que o texto do Eng. João Ferreira sita.
    Outro concelho que deixo aos bloguistas, para fazerem ao fim de entenderem as leis que regem o nosso universo, é que se preocupem com a eficiência dos processos de transformação de energia, pois é por aqui que vai passar o futuro. E

    Eng. Mecânico,
    Pedro Andrade

    ResponderEliminar
  65. Brilhantes comentários, penso que quanto mais movimento tivermos a respeito, tanto mais resultados chegaremos. Observação pessoal- desde a descoberta da magnetita se notou que alguma coisa 'perturbava o paraíso', como um objeto pode deter uma força tratora e repulsora sem nem um uso de energia externa? Erro!, ele usa energia externa e de uma fonte limpa, inesgotável e invisível, porem real e confirmada, prótons, elétrons organizados de uma forma a gerar o efeitos de campo.
    A afirmação ' energia do nada' esta errada amigo, a MMP- movimento magnético permanente é uma realidade, a questão esta em Como e Quando. COMO os poderosos poderão tirar proveito, QUANDO não over mais energia abundante.
    Pouco provável esta discussão sem mencionar Nicolas T. e de como ele teria sido de vital importância a humanidade, porem não falava pelos poderosos, teve seu fim.
    Em quanto falarmos de esforços nos relacionando a custo beneficio nunca chegaremos ao dia em que veremos o uso dos recursos naturais renováveis.

    ResponderEliminar
  66. vc e o cara mesmo não concordando com vc. tenho minha teoria . e não posso acreditar q so pq um falo q e impossível realmente ser. a verdade e o seguinte se um nao consegue ver intelectualmente o resultado de uma problema , mesmo ele sendo mas inteligente q eu issu nao significa q a pergunta nao a resposta.
    so uma frase . homen super inteligente antigamente não acreditava que era possivel o homen voar. e hoje ja foos ao espaço . imagina se tudos ficassem bitolados a 1 resposta. fica ai sem estudar. o caso . pq procuar uma resposta onde nao se acredita ter. e perca de tempo.

    ResponderEliminar
  67. Um dia andavam duas crianças a patinar num lago gelado, de repente o mais velho faz uma pirueta e quanto toca o gelo, este parte - se, engole - o, e fecha - se de imediato. Este teria uns 8 anos. O mais novo, aí com 6 anos, tirou um patim, bateu no gelo até o partir, e conseguiu retirar o amigo.
    mais tarde a televisão queria saber como um jovem tão pequeno tinha conseguido fazer o que o entrevistador dizia ser impossível.
    Um bombeiro mais velho, que assistia à entrevista, não se conteve e disse.
    ele conseguiu fazê - lo porque não tinha aqui ninguém a dizer que era impossível...
    Tudo o que hoje nos parecem maravilhas tecnológicas, já foram consideradas impossíveis há uns tempos atrás. Neste momento a frequência vibracional do planeta está a subir, tudo é nas rápido. É só estarmos sintonizados com as frequências mais elevadas, que novas "descobertas acontecem. ?.
    as pessoas que o tinham a vibrar em 6, era de peixes, e não atingem a frequência de 9, era de aquário, não conseguem ver além do que um dia foi escrito, e que hoje já se sabe, está a ser questionado, para não dizer errado...não parem de experimentar..... boa sorte

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Perceba que neste momento é tão possível como 1+1 ser igual a 4. Perceba que o limite é teórico e não é técnico!

      Eliminar
  68. E muito interessante que vejo tantos comentários errôneos mais eu acredito que ninguém nunca tentou fazer ou melhor não sabem como é feito o motor magnético eu mesmo estou bem avançado na confecção do motor e pelo que vi ele funciona muito bem...logo logo muita gente vai quebrar a cara...isso eu posso dizer sem sombra de duvidadas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa sorte. Quando chegar a resultados concretos diga qq coisa :)

      Eliminar
  69. Motor que funciona or 300 anos sem combustivel

    ResponderEliminar
  70. O coração do ser humano que bate, bate, bate, bate eternamente e qual é o combustível??? As caipirinhas, o feijão preto, a cocada... há sempre explicação para tudo!!! A Petrobras agradece todos os vossos contributos muito construtivos.

    ResponderEliminar
  71. Engraçado construi um em 2005 mostrei para um amigo que me disse isto não funciona !!!!! Mas como, você não está vendo??? Ele disse: vai acabar com petróleo, usinas elétricas, carros com motor a combustíveis e podem até te matar !!!!! Meu motor tinha 1/2 cavalo e pesava quase 6 Kilos.... Desnevolvi outro em 2010 muito melhor e foi roubado, provavelmente o vagabundo vendeu pro um ferro velho ou ???? Agora sem dinheiro quero fazer outro espero um patrocinador !!!!!

    ResponderEliminar
  72. O que faz um motor a combustão funcionar não e a queima de combustivel que gera uma pressão sobre os pistões empurrando para baixo causando assim o movimento com o magnetismo e quase parecido tem que se trabalhar com a repulsão mas só que e mais complicado do que em um carro quando sai fora do ponto mas quando alguem conseguir achar o ponto certo de repulsão o motor magnetico vai funcionar igual a o motor de um automovel que esta bem regulado e no ponto certo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Falso. O que faz mover o motor de combustão é a queima de combustível, cuja explosão transmite força e movimento dos pistãos. É transformar energia química que está na gasolina, em energia cinética. Num "motor magnético" vc só consegue isso se conseguisse controlar os imãs, ligando e desligando, e imãs permanentes não são controláveis

      Eliminar
  73. Seguinte!...quando falarão que a terra era quadrada todos acreditavão que era,ai disserão que era redonda,putzz imediatamente era queimado em uma fogueira,kkkk
    O que eu quero dizer é que não da para dizer que não é possivel isso ou aquilo um dia a verdade vem a tonae a verdade é que tudo podemos faser sim só que é claro que o poder controlativo vai sempre se impor,
    temos um exemplo de moto continuo que é nosso sistema solar e ele funciona muito bemnão é?
    eu tenho comigo que nossas leis de fisica estão em algumas questoes muito errada para nos desviar de um conhecimento real.

    ResponderEliminar
  74. Seguinte!...quando falarão que a terra era quadrada todos acreditavão que era,ai disserão que era redonda,putzz imediatamente era queimado em uma fogueira,kkkk
    O que eu quero dizer é que não da para dizer que não é possivel isso ou aquilo um dia a verdade vem a tonae a verdade é que tudo podemos faser sim só que é claro que o poder controlativo vai sempre se impor,
    temos um exemplo de moto continuo que é nosso sistema solar e ele funciona muito bemnão é?
    eu tenho comigo que nossas leis de fisica estão em algumas questoes muito errada para nos desviar de um conhecimento real.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "falarão" é no futuro, "falavam" é passado... "acreditavão" nem sequer existe e "disserão" tambem não... "controlativo"? credo!... como pode interpretar e perceber as leis da física se nem escrever corretamente consegue? e veja a diferença: no exemplo que você deu, e muito bem! a ciência descobriu e a igreja negou. Neste caso é diferente, os cientistas a sério é que estão a dizer que isso não existe, e provam-no matematicamente, que é sempre uma forma bem mais eficiente de fazer ver o seu vista do que queimar alguém. Diria até, bem mais credível! e deixem de dar o exemplo do sistema solar... no vácuo não existe atrito, e o planeta não está ligado a nenhum veio de motor que lhe ofereça resistência..., nada está a oferecer resistência aos planetas... daí que não parem de rodar.

      Eliminar
    2. Nuno. mermão, equivoca-se..
      Arrogância é prova fértil de sabedoria, nem por isso és um sábio, ou outrora (quem sabe?) um líder!
      #Magnetismo#rotação#translação#gravidade# ??
      Ser educado costuma trazer melhores resultados..

      Eliminar
  75. Como o ser humano ainda está tão ignorante..........!
    Se querem saber um pouco sobre energia limpa, podem começar pelo principio do século passado. Vejam quem foi Nikolas Tesla e seus inventos. Deixem de ser ignorantes e de falarem bobagem.
    Energia limpa e gratuita, existe há mais de um século. Não é usada porque a industria da energia elétrica como ela é (criada por Thomas Edison) é que dá lucros fabulosos. Nikolas Tesla foi funcionário de Edison, mas este cortou-lhe as pernas e disse-lhe que nem pensasse em continuar com o seu projeto.
    Além desse o JP Morgan do Chase Bank, também o abafou, dizia que isso não iria dar dinheiro para ninguém e a industria petrolífera estava aí para movimentar o mundo. Energia gratuita é como medicina alternativa. Não dá lucro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Acácio. Energia limpa sempre houve é verdade. Vento, elétrica, musculos (bicicleta, patins, etc.). Agora a única energia grátis que eu conheço é mesmo a energia dos seus músculos, mas até essa precisa de comer, e a comida tem um custo. E para aproveitar o vento precisa de construir velas, etc. etc.. Leia o texto lá de cima na totalidade sff e perceberá que sou defensor de energia limpa e barata.
      cumprimentos

      Eliminar
  76. "...quase de certeza foram as grandes empresas petrolíferas a disseminar esse vídeo, para descredibilizar nas pessoas, qualquer tentativa válida, de colocar fim às hegemonias destrutivas para o planeta, das grandes empresas do petróleo! O seu objetivo é prostrar a população e as pessoas após a verdade científica, fazendo-os crer que todas as alternativas que existem para o paradigma atual no planeta baseado nos combustíveis fósseis, não passam de burlas orquestradas por charlatães de Internet!..." essa técnica de contra informação teria sucesso se as pessoas tivessem conhecimento suficiente para saber que os vídeos eram uma farsa :) neste caso as pessoas até acreditam, e acham que amanhã vamos ter a máquina de lavar roupa a centrifugar com magnetismo. Portanto, se foi jogada deles, o tiro saiu-lhes pela culatra ehehehe

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A questão caro Nuno, é que quando estes vídeos se tornam massivamente virais, fica todo o mundo esperançado que vem aí o santo graal da energia, e depois lá se chama um prof. universitário de Física à televisão para descredibilizar tais "teorias" e volta a ficar todo o mundo novamente prostrado. E assim não olham para a solução que está na frente da sua vista, essa sim que verdadeiramente ataca a hegemonia das empresas do petróleo que conseguem lucros bilionários pois o mundo é carro-dependente.

      E a solução é tão simples: bons transportes públicos, planeamento urbano e políticas de mobilidade que favoreçam os modos ativos.

      Eliminar
  77. "...quase de certeza foram as grandes empresas petrolíferas a disseminar esse vídeo, para descredibilizar nas pessoas, qualquer tentativa válida, de colocar fim às hegemonias destrutivas para o planeta, das grandes empresas do petróleo! O seu objetivo é prostrar a população e as pessoas após a verdade científica, fazendo-os crer que todas as alternativas que existem para o paradigma atual no planeta baseado nos combustíveis fósseis, não passam de burlas orquestradas por charlatães de Internet!..." essa técnica de contra informação teria sucesso se as pessoas tivessem conhecimento suficiente para saber que os vídeos eram uma farsa :) neste caso as pessoas até acreditam, e acham que amanhã vamos ter a máquina de lavar roupa a centrifugar com magnetismo. Portanto, se foi jogada deles, o tiro saiu-lhes pela culatra ehehehe

    ResponderEliminar
  78. A energia mecânica gerada pela atração e repulsão dos imãs e transformada em energia elétrica, que por sua vez pode ser proporcional ou superior a energia gasta (por qualquer porra do caralho que possa sugar energia), somente dependendo da quantidade de energia produzida..
    É um jogo sujo não divulgar a grandiosidade da lógica desse processo, essa energia é barata demais para esses poderosos que desdém da prosperidade, por se aproveitar de excedentes econômicos atrasam a humanidade com neandertais e bilionárias formas de produção de energia.. O que nos aguarda até essa energia ser produzida em grande escala, por ser limpa, renovável, infinita?
    Sem comentários ao mundo em que vivemos, suponho que essa não é a maior descoberta da história e ocultada a mera população de 7 bilhões desde a descoberta do magnetismo, por ser lógica demais..
    Meu palpite?!
    Logística.. é claro !!
    Contra isso os presunçosos. Medindo a profundidade da "ingenuidade" nos atolamos em nosso próprio caos, nossa psicologia afetada inconscientemente pela mídia, que por sua vez controlada por quem ?
    Certeza apenas é que ninguém precisa ser um físico ou engenheiro brilhante, blá blá, muito à frente de seu tempo, pra permitir que uma ideia seja ofuscada com "poeira nos olhos"..

    ResponderEliminar
  79. Um auxiliar do entendimento...

    http://automoveiseletricos.blogspot.com.br/2013/01/imas-permanentes.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já o li o texto. Obrigado, todavia ressalvo, os motocontínuos são uma farssa. cumprimentos

      Eliminar
  80. Só, pra saber, se esse movimento gerado pelos imãs fosse aproveitado para rotacionar um alternador, não poderia funcionar???

    ResponderEliminar
  81. Quero apenas enfatizar que os motores "magnéticos" são uma farsa, um embuste e só vigaristas de Internet é que insistem em preservar o embuste. Este tipo de ideias "inovadoras" apenas beneficia a Petrobras e o cartel do petróleo das sete irmãs, elas agradecem que os charlatães continuem a sua "cruzada", adiciona ruído ao discurso científico e tira as atenções às políticas válidas para atacar a sua hegemonia: transportes públicos, bicicletas, motos elétricas, trem, bonde, são tudo meios muito mais eficientes (energia gasta por pax-km) para transportar passageiros. Continuem, a Petrobras agradece!

    ResponderEliminar
  82. Cara passei várias horas lendo esse post e vi que o brasileiro estuda muito pouco a física. Ainda vi que buscam nos erros do passado argumentos para rebater o seu texto. Parabéns pelo texto, mas nao acredito que foi a petrobras que criou isto pois a mesma nem inteligencia teria, provavelmente alguma empresa americana. Tanta polemica por uma frase que pode ser encontrada em qualquer livro de ensino medio. Teve um comentario em que um individuo disse que a teoria da relatividade era contra as leis de newton.. huehuehue

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro amigo, veja este vídeo e perceba como as grandes multinacionais do petróleo são exímias em lançar o caos e o ruído sobre a opinião pública, contra o discurso científico válido.

      Eliminar
  83. Tanta bobagem, acredito que seja falta de ter o que fazer.
    Uma coisa é lógica, vou explicar bem no popular para que possa ser entendido.
    É possível montar engenhocas com movimento continuo sim, veja bem movimento continuo, somente esta engenhoca poderá movimentar-se.
    Uma vez que o próprio movimento consome a força que é gerada, desafio qualquer besteira montada para movimentos contínuos poder
    tracionar um gerador, isso não tem como existir.
    Você nunca poderá tirar do nada alguma coisa, deverá ter uma força excedente deste movimento para tracionar algo.
    Como o ser humano é de natureza débil, inventam besteiras e com isso arrebanham seguidores para subtrair vantagens infinitas destes,
    desde o simples bate papo até o levante de valores.
    Outro que é uma farsa e posso citar é o tal de keshe, desde 2005 ele diz que descobriu e montou protótipos para controlar a gravidade e muitas outras teorias.
    Este cara nada mais é que um vendedor de livros, um físico de teorias, ele fala com a intenção de que um dia alguém por engano ou algum erro consiga fazer
    funcionar alguma teoria que ele patenteou, claro que não funcionará.
    Outro a citar que pegou uma carona neste movimento é o tal Fran de Aquino, da mesma laia.
    Este, ultimo diz que não irá patentear o que ele descobriu, mas se você ir no site verá as patentes.
    O mesmo com o primeiro que diz que as patentes são livres, na real observe, todas as patentes de keshe são dele e da fundação keshe.
    De bobos estes não tem nada, como tantos que já fizeram isso e até morreram milionários.
    Se algum dia você colocar sal de fruta em um copo com agua, fluir um plasma e o copo flutuar, você não descobriu nada porque keshe já patenteou.
    Visitem o site de kesche , ele esta vendendo e cobrando uma grana legal dos abestalhados, sem nenhuma garantia de entrega.
    A Fundação keshe, através de seu dono esta vendendo um motor que nunca irá entregar, leiam o forum: energia da fundação.
    Um dia este doido é Jesus que voltou, tem gravações em vídeos a respeito disso, outro dia ele é um extraterrestre que veio para ensinar os terráqueos.
    Meu Deus tanta burrice, por isso que existe estes farsantes, existe plateia e também existe quem financia.
    TUDO ISSO É BESTEIRA, coisa de quem não tem o que fazer ou um plano para terem uma vida abastada ao custo dos menos favorecidos de inteligência.
    Nada disso existe ou existirá pelo menos por um grande tempo e outra, digo, todas estas besteiras nunca funcionarão, nós todos estaremos mortos,
    nosso filhos e nossos netos, nem nossos bisnetos irão ver estas porcarias funcionarem desta forma.
    Para figurar: A volta de Jesus que a principio era para alguns dias pós-morte, os discípulos e apóstolos já morreram, estamos em 2014 pós morte, ainda tem
    uma corrente muito forte que defende a sua volta como tem uma que defende a geração de energia por motor continuo, morreremos e não veremos isso.
    Infelizmente nada disso existe e desta forma que os trambiqueiros de plantão dizem que funciona, nunca funcionará, é tudo uma grande farsa e muitos dirão,
    este faz parte da conspiração (teoria), nada disso, sou como vocês e gostaria sim que fosse verdade, mas infelizmente, É TUDO MENTIRA.
    ps. desculpem-me o exemplo que usei em referencia a volta de Jesus, como falei foi só para ilustrar o fato, não tenho nada contra nenhuma corrente religiosa ou
    alguma crença. O mais interessante que ainda ficam discutindo física, como se realmente dominassem a ciência.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  84. Queridos amigos vao ate a o meu blogue no sapo ver algo de novo . Blogue((coimbrav))

    ResponderEliminar
  85. dentro de dez dias sera feita a primeira patente de movimento perpetuo de acordo com meus calculos funcionara de uma forma tao simples que todos irao perguntar a si mesmo porque nao pensei nisso antes caro amigo gostaria de manter contato e se possivel gostaria que me informa-se como me asseguro para resguardar tal ideia por mais que pareça uma furada lhe asseguro que e possivel por a ideia em pratica para gerar energia abraços e espero resposta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A sua ideia é impossível de conceber, instrua-se e leia o texto na totalidade!

      Eliminar
    2. vc disse que pode-se apenas girar sem sobra de energia ja fiz essas engenhocas antes mas a minha meta era superaçao mas com tantas falhas aprendi muito desobri que nao podia vencer a lei da gravidade criei novo mecanismo que funciona e e auto suficiente me mande seu email e logo mandarei o primeiro video para vc assim que registrar patente vc ficara surpreso lhe garanto

      Eliminar
  86. entre em contato pelo email doniserra@gmail.com e se meus calculos estiverem certo seremos dono da inovadora ernergia mais barata do mundo nao se tira energia do nada concordo com vc mas tenho a formula de algo que ninguem ve e e pura energia respeito seu ponto de vista mas a moeda sempre tem a outra face que ninguem ve e lhe garanto sempre estivemos cegos tentando enchergar algo que queriamos

    ResponderEliminar
  87. meu amigo boa noite se no caso alguem conseguir fazer movimento perpetuo e ao mesmo tempo conseguir energia satisfatoria com certeza estaria provando a existencia do quinto elemento que seria a força mais poderosa do nosso mundo concorda ?

    ResponderEliminar
  88. qual inpi vc pertence ?
    sou do sul de minas quando meu prototico ficar pronto ficara mais facil para patentear assim nao dara trabalho para avaliaçao depois de pronto e que farei desenho tecnico com a maquina funcionado ficara mais facil patente

    ResponderEliminar
  89. meu amigo espero resposta sua sobre o assunto e lhe afirmo novamente que vc ficara surpreso

    ResponderEliminar
  90. meu amigo vc deve ta achando que to apenas futricando um assunto tao serio mas o fato que e real so nao fiz patente por dois motivos me falta dinheiro e to inseguro a respeito de como fazer patente sem vazar informaçoes sigilosa talvez vc possa me ajudar ti garanto nao o decepcionarei acredite consegui o que era impossivel podemos mudar a historia desse pais podemos ser dono de uma fonte inesgotavel de energia por mais agradeço vossa atençao

    ResponderEliminar
  91. olá joão, sou ricardo!
    conheço este espaço agora e já o coloco em minha lista de leitura obrigatória...
    estou tentando ajudar minha filha que está no segundo ano médio, numa monografia preliminar e sugeri o tema eletromagnetismo...
    não sou expert e tento ajudá-la, nos propomos no mínimo a investigar a impossibilidade que vc apresenta neste post...
    será que poderia fazer algum comentário em uma postagem do meu blog, talvez alguma proposta ou auxílio para que ao menos possamos tentar gerar energia suficiente e através de imãs, para no mínimo acender uma lâmpada e algum sistema mecânico que pudesse fazer o imã se movimentar parcialmente ou momentaneamente???
    seria muito grato em receber um pouco de ajuda de quem entende...
    http://iamfotonico.blogspot.com.br/2014/06/cartas-para-yasmin-e-juju-monografia-e.html
    antecipadamente muito grato pela atenção!!!

    ResponderEliminar
  92. Gerar energia continua e gratuita sim e possível.
    https://www.youtube.com/watch?v=yodY1jH5j-I

    ResponderEliminar
  93. Vc é mt burro cara desculpa a força de repulsão rotaciona um eixo q ta ligado num gerador e ai tem energia

    ResponderEliminar