Fala POESIA


Após uma mensagem-e que recebi na caixa de correio, sobre uma tertúlia de poesia no Parque das Nações, decidi querer participar e lá fui eu com a Nádia e o meu Latim, declamar Poesia lasciva e de intervenção para o restaurante Adamastor, junto à Marina do Parque das Nações, numa iniciativa apoiada pela Associação de Moradores e Comerciantes do Parque das Nações (AMCPN). Como o tema era Fernando Pessoa, ou como referia o cartaz do evento "na senda da Pessoa de Fernando", declamei esse magno Poeta lusitano juntamente com alguns dos meus poemas.

Assim, de cor, lembro-me de ter declamado:
  • Intervalo - Fernando Pessoa
  • Poema ao 25 de Abril - um poema meu de intervenção
  • A anatomia da Europa - um poema meu inspirado no início da Mensagem de Fernando Pessoa, como homenagem a um continente que atravessa uma crise económica, cuja origem se deve a ataques exógenos

Vede a informação e as fotos do evento no sítio da AMCPN

Sem comentários:

Publicar um comentário