Jesus Cristo andaria de bicicleta


Automóvel: 7 ltr/100km ≈ 500 Cal/km [1]
Carregar um objeto pesado a 1 km/h
500 Cal/km [2]

Não vos falo sem conhecimento de causa, pois digo-vos que se o Messias viesse à Terra, entre muitas outras coisas (como acabar imediatamente com a agiotagem e usura disseminada pelos banqueiros e gestores neo-cristãos) se precisasse de se deslocar, andaria tão-somente de bicicleta, transportes públicos ou a pé. Não ligo às blasfémias que alguns padres e neo-cristãos propalam nessa comunicação social, pois para mim, os clérigos e os monges (a começar pelos Franciscanos que fazem voto de pobreza) deveriam estar estritamente proibidos de ter carro. 

No tempo de Cristo, o Filho, o Messias, já haviam meios de transporte deveras sofisticados. Os romanos usavam por exemplo as bigas, as trigas, ou as quadrigas, sendo que usavam também para transporte de mercadorias as carroças, puxadas por cavalos ou por escravos. Os mais nobres, mas sem dinheiro para comprar um carro (do Latim carrus, veículo de rodas para transporte de pessoas ou mercadorias) tinham cavalos individuais onde montavam para se deslocar. Alguns agricultores mais abastados usavam gado bovino para lavrar a terra, mas também como meio de transporte, e os pobres andavam de jumento e a pé. 

Pois os únicos meios de transporte que se conhecem ao Messias foram exatamente estes últimos: uma jumenta, na entrada triunfal que faz em Jerusalém, quando pede aos discípulos para que estes lhe tragam uma jumenta que estava presa numa árvore, para desta forma cumprir o que já havia sido profetizado à filha de Sião, Jerusalém, que haveria de entrar triunfalmente pela cidade o Rei, leia-se Jesus, sobre um jumento; Mateus 21:2; e a pé nas diversas peregrinações proféticas que fazia pela região, Lucas 13:22. É muito irónico e ridículo ver como hoje alguns dos que se intitulam Cristãos, vão para Fátima e outros lugares de culto, a pé, mas apenas um dia por ano, pois nos outros 364 dias esses mesmos "cristãos" vão bem montados em bigas e quadrigas romanas do século XXI, meios de transporte de um estatuto social que Jesus nunca teve. Repare-se como já foi dito, que a entrada triunfal que Jesus faz em Jerusalém pouco tempo antes de ser crucificado, e onde é apoteoticamente recebido pelo povo que o aguardava, é feita montado numa jumenta, sendo que em todas as outras situações Jesus deslocava-se a pé

Mas como o perdão e a redenção são dos mais nobres atos da cristandade e da palavra que o Messias nos deixou, está perdoado caro automobilista, por ter carro e desgraçar a qualidade de vida do próximo, destruir a qualidade de vida em meios urbanos e definhar a economia do país. Se sois Cristão, vendei o carro e deslocai-vos como Jesus se deslocou: de jumenta (as bicicletas estão para o séc XXI como as jumentas estavam para era romana) e a pé.

Que o Senhor esteja convosco!
Amén.

Sem comentários:

Publicar um comentário