As géneses protestatórias do Egito


Egípcio, és um mero lacaio,
És um subordinado dos titãs
Que querem destronar os imãs
que te regem, desde há séculos no Cairo

Egípcio queres o teu Maio?
Queres ver indignas tuas irmãs?
Queres torná-las mulheres maçãs?
Não! De Lisboa eu não saio!

São os déspotas do novo mundo
que te fazem Egípcio crer!
Mas o seu mundo é tão imundo

É um mundo que não queres ser
Protestas na rua furibundo
para ao vil mação dares o poder!

Sem comentários:

Publicar um comentário