O degredo do Eng.º Belmiro de Azevedo


E sabeis onde é que se reúnem
os cães e as cadelas
a chungaria de Chelas
os paneleiros sem vergonha
dos que engolem a langonha
os vilões sem medo
e o mais pérfido putedo?
Reúnem-se no degredo
do Eng.º Belmiro de Azevedo!

E onde é que se reúnem
os paneleiros e as putas
os machistas cabrões
os homens sem condutas
os automobilistas vilões
os vis capitalistas
e os do BarclayCard chupistas?
Reúnem-se no degredo
do Eng.º Belmiro de Azevedo!

E onde é que se reúnem
as pitas sem respeito
e os pretos cavernícolas
as putas com falso peito
as frívolas mais ridículas
os agiotas cabrões
os engravatados sem colhões?
Reúnem-se no degredo
do Eng.º Belmiro de Azevedo!

E os burgueses fodilhões
os generais garanhões
os incautos consumistas
os paneleiros chupistas
os milionários sem milhões
e os andantes cagalhões?
Reúnem-se no degredo
do Eng.º Belmiro de Azevedo!

E os políticos corruptos
os padres que comem putos
os falsos comunistas
os agiotas fascistas
o burguês e o cabrão
a puta e o vilão?
Reúnem-se no degredo
do Eng.º Belmiro de Azevedo!

E onde está
essa desprevenida gente
que fica incontinente
que após sodomizada
ludibriada e enganada
fica com o cu ardente
quando vai ao Continente?
Essa gente está no degredo
do Eng.º Belmiro de Azevedo!

E o comércio local
que não vos pratica o anal
está na proximidade
e está na comunidade
que é o comércio fundamental
para a economia nacional?
Não se encontra no degredo
do Eng.º Belmiro de Azevedo!

Encontra-se à tua porta
e não sustenta o agiota
está mesmo na tua rua
e o empregado não amua
conhece o nome de toda a gente
até do trolha do sexto-frente!
Comprai no comércio local
Porque é bom para Portugal!

E não paga a franchisados
aos capitais desregulados
comissões na faturação
e aos empregados exploração
Ineficiência energética
Esta é a minha dialética
para que vades ao comércio local
Porque é bom para Portugal!

Sem comentários:

Publicar um comentário