O delírio das autoestradas em Portugal


Portugal tinha à data de novembro de 2008 uma rede de 2860 km de autoestradas. Com o plano de novas concessões iniciado pelo governo de Sócrates, a rede iria crescer cerca de 50%, o correspondente a mais 1400 quilómetros de vias com perfil de autoestrada. Este número incluía cerca de 100 km das concessões lançadas pelo anterior Governo e adjudicadas nessa legislatura (Grande Lisboa e Douro Litoral), mas o grosso da expansão foi uma decisão do Executivo Sócrates. Totalizando o que já havia em 2008 com o que o governo Sócrates se proporia fazer, Portugal ficaria com uma rede 4290 km de autoestradas.

Todos os estudos e comparações o mostram: Portugal tem uma das maiores redes de autoestradas da União Europeia a 15, ao nível de quilómetros por habitante e por área. Esta realidade, foi apresentada num estudo de tráfego feito pela TIS a pedido da Brisa no final de 2008.

Quando comparamos Portugal com os outros países da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico) ou da Europa a 25, a conclusão é similar. Já em 2006, os dados mostravam que na UE a 25, Portugal tem uma média de autoestradas por rede viária de 2,3% muito acima dos 1,2% da média, e que é o terceiro valor mais elevado depois da Espanha e Luxemburgo. A União Europeia tem 13 km de autoestradas por 100 mil habitantes, quando Portugal tem 17 km. Por cá existem 20 km de autoestrada por 1000 km2 de área do país, enquanto que a média da UE são 15 km. Olhando para o universo da OCDE, Portugal foi o segundo país que desde 1990 até 2006 registou a maior expansão na rede. Mais significativo são os indicadores que relacionam a extensão da rede com a capacidade económica. Portugal em 2006 já era o segundo país com mais quilómetros (8,3 km) por mil milhões de dólares de PIB, apenas ultrapassado pelo Canadá.

Considerando que o dito estudo foi feito em 2006, e que desde então houve estagnação económica, considerando ainda que houve um crescimento de cerca de 50% na rede, pode constatar-se facilmente que Portugal, por certo, deve ser o país da Europa e do Mundo, com mais km de autoestradas por área, por habitante e por capacidade macroeconómica!

Depois não se queixem da austeridade!!!!

Fonte:
Diário de Notícias,  PORTUGAL É DOS PAÍSES COM MAIS AUTO-ESTRADAS NA EUROPA, Nov 2008, Ana Suspiro


Sem comentários:

Publicar um comentário